Sobrevivente de massacre no Bataclan se suicida

PARIS, 27 NOV (ANSA) - Um dos sobreviventes do massacre na casa de shows Bataclan, em Paris, no dia 13 de novembro de 2015, se suicidou na semana passada.   

O anúncio foi feito pela associação Fraternité et Vérité (Fraternidade e Verdade), que reúne vítimas dos atentados terroristas de dois anos atrás.   

De acordo com a entidade, Guillaume Valette, 31 anos, tirou a própria vida na noite de 18 para 19 de novembro, poucos dias depois do segundo aniversário dos ataques.   

"Guillaume estava no Bataclan durante o ataque terrorista e não aceitou ser ajudado por sua família nem por uma das associações de vítimas. Ele foi, no entanto, acompanhado por um psiquiatra e um psicólogo", diz uma mensagem postada pela associação no Facebook em 24 de novembro.   

"Com a anuência de sua família, temos de recordar o quão importante é se conscientizar sobre a necessidade de ser ajudado, pela família em primeiro lugar, por uma associação, por um médico, um psiquiatra, um psicólogo. O trauma psicológico sofrido por causa dos atentados é profundo e duradouro", disse a entidade.   

As circunstâncias do suicídio não foram divulgadas. Os atentados de 13 de novembro de 2015 deixaram 130 pessoas mortas, sendo 89 no Bataclan, que recebia um show da banda Eagles of Death Metal.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos