PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Trajeto até meninos presos em caverna na Tailândia leva 11h

05/07/2018 13h09

SÃO PAULO, 05 JUL (ANSA) - São necessárias pelo menos 11 horas para completar o trajeto de ida e volta entre a entrada da caverna Tham Luang, na Tailândia, e o ponto onde estão presos 12 meninos e o treinador de um time de futebol juvenil.   

As informações foram dadas pelos socorristas, que já fizeram o percurso de quatro quilômetros de distância. Os meninos estão na caverna há 12 dias. O primeiro quilômetro e meio está praticamente seco, depois dos esforços para drenar a água que havia na gruta. Mas os trechos sucessivos têm água até os joelhos e, em alguns pontos, o nível chega até o teto.   

O "plano A" ainda é drenar a maior quantidade de água possível da caverna, a fim de diminuir os riscos para os meninos, que não sabem nadar. A maior preocupação do momento é que sites de previsão do tempo dão possibilidade de chuva já a partir desta noite (5), e "violentos temporais" entre sábado (7) e segunda-feira (9).   

A chuva pode aumentar o nível de água na caverna, fazendo com que as tentativas de secar a gruta tenham sido inúteis. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional