PUBLICIDADE
Topo

Guerra da Rússia-Ucrânia

Notícias do conflito entre Rússia e Ucrânia


Conteúdo publicado há
1 mês

'Só reunião com Putin pode encerrar guerra', diz Zelensky

23.mar.2022 - Presidente Volodymyr Zelensky gravando um discurso em vídeo em Kiev, Ucrânia - AFP/ Serviço de imprensa presidencial ucraniano
23.mar.2022 - Presidente Volodymyr Zelensky gravando um discurso em vídeo em Kiev, Ucrânia Imagem: AFP/ Serviço de imprensa presidencial ucraniano

23/05/2022 17h25

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, disse nesta segunda-feira (23) que somente um encontro com seu homólogo russo, Vladimir Putin, pode encerrar a guerra que já dura três meses.

"Não aceito nenhum encontro com mediadores russos, mas apenas com o presidente Vladimir Putin, e deve haver apenas uma questão na mesa: para acabar com a guerra", disse ele, citado pela agência Ukrinform.

De acordo com Zelensky, sem a presença do líder russo, as decisões não são tomadas. "Devemos estar bem cientes disso. E se estamos falando de uma decisão de acabar com a guerra, sem ele essa decisão não será tomada", acrescentou.

Ao ser questionado sobre como a guerra terminará e se espera assinar um acordo de paz com o presidente russo, o líder ucraniano explicou que seu país "está pagando um alto preço, mas certamente haverá uma vitória, porque simplesmente não há outra saída".

Ao mesmo tempo, Zelensky explicou que sabe que "qualquer guerra termina com diplomacia" e "a diplomacia pode levar à paz, e a paz é o desejo de toda pessoa normal".

Ontem (22), o negociador russo Vladimir Medinsky disse que Moscou está disposto a retomar os diálogos em busca de um cessar-fogo na Ucrânia, assegurando que as tratativas foram suspensas por causa de Kiev.

Em março, as delegações dos dois países se encontraram em Istambul, mas sem sucesso. De acordo com o negociador da Ucrânia, Mikhailo Podoliak, as conversas foram suspensas, a medida que a Rússia centralizava sua "operação especial" no leste do país.