O que aconteceu com o menino Saleem, cuja imagem chocou o mundo?

Há um ano, a imagem de Saleem, um menino do Iêmen em estado grave de desnutrição, chocou o mundo.

Ele tinha 7 anos e fazia parte do grupo de 350 mil crianças seriamente desnutridas no Iêmen. Hoje, elas somam dois milhões.

Saleem não está desnutrido como antes e continua vivo graças à ajuda humanitária de emergência, ainda que tenha sofrido dano cerebral e seu crescimento tenha sido atrofiado. Mas há mais de duas milhões de crianças sofrendo de desnutrição aguda no Iêmen, que vive hoje a mais grave crise de fome no mundo.

Há 20,7 milhões de pessoas precisando de ajuda humanitária urgente. Além da fome, um surto de cólera afetou 600 mil pessoas desde abril deste ano.

E ao menos 5.144 civis morreram em conflitos armados desde março de 2015, quando uma coalizão árabe liderada pela Arábia Saudita, que intervém em favor do presidente Abdo Rabbo Mansour Hadi e contra os rebeldes houthis, entrou na guerra.

Este mês, o comissário de Direitos Humanos da ONU, Zeid Ra'ad Al Hussein, disse ser "vergonhosa" o que chamou de inércia da comunidade internacional em relação ao Iêmen.

O comentário veio logo após a publicação de um relatório denunciando o uso de armas proibidas no conflito, o recrutamento de crianças como soldados e que civis foram alvos de ataques aéreos.

Zeid Ra'ad Al Hussein disse que não buscar justiça para as vítimas "contribui para a continuação do horror".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos