PUBLICIDADE
Topo

#PrayForAmazonas: Queimadas viram assunto mais comentado no Twitter no mundo

Foco de incêndio na Floresta Amazônia em São Félix do Xingu, no Pará, registrado pelo Greenpeace - Daniel Beltrá/Greenpeace
Foco de incêndio na Floresta Amazônia em São Félix do Xingu, no Pará, registrado pelo Greenpeace Imagem: Daniel Beltrá/Greenpeace

21/08/2019 13h42

Dados do Inpe mostram que houve aumento de 83% de incêndios florestais no Brasil e que a Amazônia é o bioma mais afetado. Situação gerou comoção na rede social e críticas e cobranças direcionadas ao governo.

A hashtag #PrayForAmazonas está entre os assuntos mais comentados no Twitter em todo o mundo nesta quarta-feira, 21 de julho - chegou a ocupar o primeiro lugar, com centenas de milhares de publicações sobre o tema.

O motivo são os recentes incêndios que se espalham pela região amazônica e em outros biomas do país, o que levou muitas pessoas a publicarem mensagens na rede social para denunciar a situação.

https://twitter.com/MateusGarcez12/status/1164013118009352193

Dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, que usa imagens de satélite para monitorar focos de calor no país, mostram que houve um aumento de 83% no número de incêndios florestais no Brasil entre 1º de janeiro e 19 de agosto em comparação com o mesmo período do ano passado.

Foram 72.843 queimadas neste ano, em comparação com 39.759 neste período em 2018. Deste total, entre os biomas brasileiros, 52,5% foram registrados na Amazônia, 30,1% no Cerrado e 10,9% na Mata Atlântica. O restante ocorreu no Pantanal, na Caatinga e no Pampa.

Os Estados mais afetados até o momento foram o Mato Grosso e o Pará. O Amazonas foi o terceiro no ranking de queimadas neste ano. Entre 2018 e 2019, houve um aumento de 146% de incêndios florestais.

Esses dados, junto a imagens de focos de incêndio, se alastrando pela região vêm gerando grande comoção.

https://twitter.com/morenomylenna/status/1164184972263153664

Uma das postagens foi da cantora Elza Soares, que disse estar "chocada" com as imagens feitas recentemente na Amazônia.

https://twitter.com/ElzaSoares/status/1164038260584325120

Os comentários de celebridades internacionais em outras redes sociais também ganhou destaque entre as postagens no Twitter.

https://twitter.com/universegeek_/status/1164166668848963585

Alguns usuários recordaram que as queimadas têm um impacto sobre outras partes do país, com destaque para a segunda-feira passada, quando o céu escureceu ainda durante o dia em cidades do Sudeste por causa do encontro entre a fumaça dos incêndios e uma frente fria.

https://twitter.com/CheffinDrew/status/1164006869473615872

Muitos usuários do Twitter acusam o presidente Jair Bolsonaro de descaso com a situação ou atribuem a culpa deste aumento ao seu governo.

https://twitter.com/leticiamaia0711/status/1164152937289007104

https://twitter.com/atxnolasco/status/1164184887575961600

Outros cobram de Bolsonaro medidas imediatas contra os incêndios.

https://twitter.com/alicepx__/status/1164006941179486209

O presidente disse recentemente que ONGs podem estar por trás das queimadas por terem perdidos recursos em sua gestão.

"Nós tiramos dinheiro de ONGs, repasses de fora, 40% ia para ONGs, não tem mais. De modo que esse pessoal está sentindo a falta de dinheiro. Pode estar havendo, não estou afirmando, a ação criminosa desses 'ongueiros' para chamar a atenção contra minha pessoa contra o governo do Brasil", disse o presidente.

Membros da oposição criticaram a fala de Bolsonaro, como o deputado federal Marcelo Freixo (PSOL-RJ), para quem o presidente é "cínico" por fazer tal declaração.

https://twitter.com/MarceloFreixo/status/1164174914963853313

Mas também houve quem, em sua postagem, lembrasse que o problema das queimadas na Amazônia não é de agora. Dados do Inpe mostram por exemplo que o Brasil terminou 2017 com um número recorde de queimadas desde 1999, quando teve início a série histórica do órgão.

https://twitter.com/jpg_mary/status/1164179881657360384

Nem a própria hashtag escapou de críticas. Um usuário afirmou que não é rezando que a situação se resolverá, mas com "boas políticas ambientais, manifestando-se contra a corrupção de muitos partidos políticos, votando com a cabeça".

https://twitter.com/AlecDeLaCreme/status/1163775207410196481


Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

https://www.youtube.com/watch?v=t0WiAn_TIkI&t=6s

https://www.youtube.com/watch?v=sEf2wPfyDtk&t=4s

https://www.youtube.com/watch?v=D22SL9awSHM&t=15s

Meio Ambiente