PUBLICIDADE
Topo

Internacional

A orgulhosa 'capital mundial das pessoas feias' na Itália

Piobbico tornou-se conhecida por ser a "capital mundial das pessoas feias" - Getty Images
Piobbico tornou-se conhecida por ser a 'capital mundial das pessoas feias' Imagem: Getty Images

Adam Barr e Bernadette Young - BBC Travel

13/12/2019 07h48

Escondida em um vale entre a cordilheira dos Apeninos e o Mar Adriático, no centro da Itália, Piobbico é uma bela cidade medieval cheia de grandes edifícios de pedra cercados por florestas exuberantes. Mas, apesar do cenário perfeito, Piobbico é famosa pela "feiúra" de seu povo.

Desde 1879, esta cidade de 2.000 pessoas abriga o Club dei Brutti ("O Clube dos Feios"), uma associação cujos membros acreditam que "uma pessoa é o que é, não o que sua aparência mostra".

Ao longo das gerações, o que começou como uma ideia utópica floresceu em um movimento mundial. Hoje, Associação Mundial das Pessoas Feias conta com mais de 30.000 membros em 25 sedes em diversos países.

Beleza interior

O Club Dei Brutti foi originalmente concebido como um serviço de encontros para mulheres solteiras da cidade.

À medida que evoluía, os moradores locais assumiram a missão de lembrar à sociedade que a beleza interior é mais importante que a aparência física e, em 2007, Piobbico lançou uma estátua dedicada a pessoas feias na praça da cidade.

"'A feiura é uma virtude, a beleza, uma escravidão', esse é nosso mote", diz o presidente do clube, Giovanni Aluigi.

Hoje, é fácil se tornar parte do clube. Os membros mais antigos precisam apenas julgar e classificar a "feiúra" dos membros em potencial - que pode variar de "não especificado" a "extraordinariamente feio".

No entanto, os integrantes do grupo não são necessariamente feios - o clube está mais focado em celebrar a beleza interior e não se preocupar com o que os outros pensam.

No primeiro domingo de setembro, pessoas de todo o mundo se reúnem para participar do Festival Anual dos Feios de Piobbico, no qual os membros elegem o presidente do clube, inscrevem novos membros e comem trufas, polenta e massas de origem local.

Em um país que coloca tanta ênfase em fazer uma bella figura ("bela impressão"), este canto da Itália está provando que ser autêntico e não convencional pode te fazer brilhar mais.

Internacional