Ex-primeiro-ministro romeno Victor Ponta plagiou tese de doutorado

Bucareste, 30 jun (EFE).- Victor Ponta, ex-primeiro-ministro da Romênia, plagiou a tese pela qual obteve o título de doutor em Direito em 2003, segundo confirmou nesta quinta-feira a comissão oficial que analisa este tipo de trabalho, quatro anos depois que a revista "Nature" acusou o político de ter copiado parágrafos inteiros.

O Conselho Nacional de Verificação de Títulos, Diplomas e Certificados Universitários, autor dessa sentença, indicou que o seguinte passo é que o Ministério da Educação retire a tese.

Embora o político social-democrata tenha anunciado em 2014 que renunciava a seu título acadêmico, nunca chegou a formalizar isso.

O ex-chefe do Executivo entre 2012 e 2015 dispõe agora de dez dias para recorrer a decisão.

A revista científica "Nature" publicou um artigo em junho de 2012 no qual acusava a Ponta de ter copiado 80 páginas de artigos sem ter citado as fontes.

Em agosto desse ano, dois políticos e um filólogo apresentaram uma denúncia penal contra Ponta, alegando que sua tese doutoral continha 113 páginas de obras de quatro autores.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos