Ex-presidente peruano não pousou em Israel no voo da United Airlines

Jerusalém, 12 fev (EFE).- O ex-presidente do Peru Alejandro Toledo não chegou neste domingo ao aeroporto de Ben Gurion, em Tel Aviv, entre os passageiros do voo da United Airlines que saiu de San Francisco, nos Estados Unidos, rumo a Israel.

O porta-voz do Ministério das Relações Exteriores de Israel, Emanuel Najshon, confirmou à Agência Efe que o ex-presidente, foragido no Peru, não estava na aeronave.

As autoridades israelenses não saibam se Toledo estava no avião e existia o temor de que ele tentasse entrar no país com uma identidade falsa. Mais cedo, o porta-voz da Chancelaria israelense tinha informado que o ex-presidente peruano não seria autorizado a entrar no território do país.

Não se descarta a possibilidade de Israel ter avisado Toledo antecipadamente sobre a decisão de não deixá-lo entrar no país, o que teria feito o ex-presidente não embarcar no voo.

A esposa de Toledo, Eliane Karp, tem nacionalidade israelense. Nos últimos anos, o casal viajou em várias oportunidades ao país, que não tem um acordo de extradição ao Peru.

A Justiça do Peru decretou a prisão preventiva de Toledo na última quinta-feira. O ex-presidente é acusado de lavagem de dinheiro, tráfico de influência e de ter recebido US$ 20 milhões da Odebrecht para favorecer a construtora em licitações.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Assine e receba em seu e-mail em dois boletins diários, as principais notícias do dia

UOL Cursos Online

Todos os cursos