Exército nigerino mata mais de 10 camponeses ao confundi-los com terroristas

Niamey, 6 jul (EFE).- O Exército nigerino matou nesta quinta-feira mais de dez civis na região instável de Diffa, no sul do país, após confundi-los com terroristas do grupo jihadista Boko Haram, informaram à Agência Efe fontes políticas locais.

As vítimas, entre elas mulheres e crianças, foram atingidas por erro pelos soldados nigerinos enquanto trabalhava em um campo agrícola na zona de Awadam, situada a cerca de 70 km de Diffa, capitão da região homônima.

Ontem, ao menos cinco soldados nigerinos morreram em uma emboscada terrorista contra uma patrulha militar em Tassara, no centro norte do país.

Estes fatos ocorrem após outro ataque perpetrado pelo grupo terrorista Boko Haram no domingo na região de Diffa, no qual morreram nove civis e outros 40 foram sequestrados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos