PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Lula faz pedido para deixar prisão e acompanhar velório e enterro de irmão

29/01/2019 17h29

São Paulo, 29 jan (EFE).- A defesa de Luiz Inácio Lula da Silva pediu à justiça nesta terça-feira que seja dada autorização para saída temporária da prisão, com objetivo de acompanhar o velório e o enterro do irmão do ex-presidente Genival, de 79 anos, que morreu pela manhã.

Vavá, como era mais conhecido, foi vítima de um tipo raro de câncer, segundo nota divulgada pelo Instituto Lula. O irmão do ex-presidente enfrentou diversos problemas de saúde nos últimos anos, chegando a ter sua perna esquerda amputada.

Hoje, os advogados solicitaram que Lula deixe a prisão para o velório, que seria iniciado ainda nesta terça-feira, em São Bernardo do Campo, em São Paulo. O sepultamento está previsto para acontecer amanhã, de acordo com o pedido à justiça.

A defesa destacou o artigo 120 da Lei de Execução Penal, que os presos podem ser autorizados, sob escolta, a deixar o local onde cumprem pena, em caso de morte de "cônjuge, companheira, ascendente, descendente ou irmão".

Lula está preso desde abril do ano passado na sede da Polícia Federal, em Curitiba, após ter sido condenado a 12 anos de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. EFE

Internacional