PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Secretário confirma que governo dos EUA devolverá migrantes irregulares

Mulher na imigração dos EUA - John Moore/Getty Images
Mulher na imigração dos EUA Imagem: John Moore/Getty Images

20/09/2021 22h24

O secretário de Segurança Nacional dos Estados Unidos (DHS), Alejandro Mayorkas, garantiu nesta segunda-feira que os migrantes que chegarem à fronteira sul do país de maneira ilegal serão devolvidos às nações de origem.

A declaração acontece depois da passagem de mais de 13 mil migrantes nos últimos dias, a maioria proveniente dos Haiti.

"Se vier aos Estados Unidos ilegalmente, será devolvido. Sua viagem não terá êxito e colocará em perigo sua vida e da sua família, afirmou o integrante do governo americano, em entrevista coletiva.

Mayorkas afirmou estar preocupado, porque os haitianos que estão chegando aos EUA teriam recebido "informação falsa que aponta que a fronteira está aberta ou que o Estado de Proteção Temporária (TPS, pela sigla em inglês) está ativo".

"A migração irregular representa um sério risco de segurança para os próprios migrantes que tentam entrar ilegalmente nos Estados Unidos", afirmou o titular do DHS.

O secretário explicou que o TPS só será recebido pelos haitianos que já viviam nos Estados Unidos antes de 29 de julho e que o amparo só é oferecido aos migrantes que cumprem com alguns requisitos.

Ontem, o governo americano começou a deportar dezenas de haitianos que tinham sido detidos nos últimos dias em pontos próximos da fronteira do país.

Mayorkas, ainda garantiu que o objetivo do Executivo é aumentar a capacidade dos três voos diários de deportação que partem em direção a Porto Príncipe, capital do Haiti.

Internacional