Prefeita recém-empossada no México é assassinada

David Alire Garcia e Luis Rojas

Na Cidade do México

  • Pedro Pardo/AFP

    Moradores se reúnem perto da casa da política Gisela Mota, assassinada por quatro homens armados neste sábado (2), em Temixco (México)

    Moradores se reúnem perto da casa da política Gisela Mota, assassinada por quatro homens armados neste sábado (2), em Temixco (México)

Uma prefeita recém-empossada da cidade mexicana de Temixco foi morta neste sábado (2), de acordo com um post do governador do Estado de Morelos, Graco Ramírez.

Gisela Mota assumiu o posto formalmente na sexta-feira (1º). O jornal "El Universal", da Cidade do México, disse que ela foi atacada em sua casa por quatro homens armados.

Vários prefeitos foram mortos no ano passado no México, onde grupos armados financiados pelo tráfico de drogas controlam muitas comunidades locais.

Temixco, localizada a cerca 100 quilômetros ao sul da Cidade do México, tem uma população de cerca de cem mil pessoas.

Mota, ex-membro do Congresso Federal, pertencia ao partido esquerdista da Revolução Democrática.

Funcionários do escritório do procurador-geral de Morelos não retornaram imediatamente ligações para dar informações adicionais sobre a morte.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos