Prédio desaba e deixa mortos em Nairobi após fortes chuvas

George Obulutsa e Humphrey Malalo

Equipes de resgate trabalham neste sábado (30) para salvar moradores dos escombros de um prédio de seis andares em Nairobi, capital do Quênia, depois que ele entrou em colapso após uma chuva pesada durante a noite. Dez pessoas foram confirmadas mortas.

O presidente Uhuru Kenyatta visitou o local do desastre na noite de sexta e ordenou a prisão dos proprietários.

"Nós ainda estamos ouvindo algumas vozes do prédio desmoronado", afirmou o diretor do Centro Nacional de Operações de Desastre no Quênia coronel Nathan Kigotho a jornalistas no local. "Nós não temos o número exato de pessoas enterradas sob os escombros."

Dez corpos foram recuperados e uma mãe e um bebê podiam ser ouvidos sob os destroços do prédio, disse o ministro do Interior Joseph Ole Nkaissery a repórteres.

O edifício, em um subúrbio pobre de Huruma, ao leste de Nairobi, tinha 198 apartamentos, afirmou Kigotho. Alguns moradores escaparam antes do colapso e pelo menos 133 pessoas foram resgatadas.

A polícia afirmou que mais de 120 pessoas foram levadas para o hospital.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos