Turquia pede aos EUA que enviem clérigo Fethullah Gulen de volta ao país

  • EFE

ISTAMBUL (Reuters) - Os ministérios da Justiça e de Relações Exteriores da Turquia vão escrever aos Estados Unidos e outros governos ocidentais para exigir a devolução do clérigo islâmico Fethullah Gulen, após a fracassada tentativa de golpe, disse o presidente turco, Tayyip Erdogan.

Erdogan, que falou em um funeral de algumas das pessoas que foram mortas na violenta noite de sexta-feira, também pediu que seus seguidores permaneçam em praças públicas.

Erdogan acusa partidários de Gulen nas forças armadas pela tentativa de golpe contra o seu governo.

Gulen, um ex-aliado Erdogan que viveu em exílio auto-imposto nos Estados Unidos durante anos, negou a acusação.

(Por Akin Aytekin)

Tanques e caças são usados durante tentativa de golpe na Turquia

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos