EUA anunciam transferência de 15 presos de Guantánamo

Em Washington

Autoridades norte-americanas disseram nesta segunda-feira (15) que 15 detentos da prisão de Guantánamo foram transferidos aos Emirados Árabes Unidos, na maior transferência de detentos da prisão de Guantánamo durante o governo Obama.

A transferência de 12 cidadãos do Iêmen e três afegãos reduz o número de detentos da base naval norte-americana localizada em Cuba para 61. A maioria está presa sem acusações ou julgamento por mais de uma década, atraindo condenação internacional.

Obama, que esperava fechar a prisão durante seu primeiro ano de mandato, implementou seu plano em fevereiro com o objetivo de fechar a instalação. Mas ele enfrentou a oposição de muitos parlamentares republicanos, assim como de alguns democratas.

Embora o plano de Obama para fechar a instalação exija que os prisioneiros remanescentes sejam levados para prisões de segurança máxima nos EUA, a lei norte-americana impede tais transferências para o continente. Obama, no entanto, não descartou fazê-lo por uma medida executiva.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos