Topo

Manifesto de novo partido cita Bolsonaro e diz que busca resgatar Brasil de "degradação moral"

Símbolo do Aliança pelo Brasil, novo partido do presidente Jair Bolsonaro - Reprodução/Twitter
Símbolo do Aliança pelo Brasil, novo partido do presidente Jair Bolsonaro Imagem: Reprodução/Twitter

Eduardo Simões

São Paulo

12/11/2019 20h38

O manifesto da Aliança pelo Brasil, partido a ser criado pelo presidente Jair Bolsonaro e seus apoiadores, cita nominalmente o presidente e afirma que um de seus objetivos é resgatar o Brasil do massacre que, de acordo com o documento, vem sofrendo pela "degradação moral contra as boas práticas e os bons costumes".

O texto diz que o partido a ser criado —e cujo processo de formalização foi anunciado hoje por Bolsonaro quando comunicou a parlamentares do PSL, sua sigla atual, que deixará a legenda— abrigará a "grande maioria de brasileiros e brasileiras que clamam por uma nova ordem de referências éticas e morais".

"Muito mais que um partido, é o sonho e a inspiração de pessoas leais ao presidente Jair Bolsonaro, de unirmos o país com aliados em ideais e intenções patrióticas", afirma o texto.

"Aliança é união e é força. E a Aliança pelo Brasil é o caminho que escolhemos e queremos para o futuro e para o resgate de um país massacrado pela corrupção e pela degradação moral contra as boas práticas e os bons costumes."

Mais cedo, após se reunirem com Bolsonaro no Palácio do Planalto, deputados da ala do PSL ligada ao presidente disseram que ele anunciou sua saída da legenda e a criação da Aliança pelo Brasil até março do ano que vem.

Posteriormente, o próprio presidente confirmou sua saída do PSL e os planos para o novo partido em sua conta no Facebook.

Política