PUBLICIDADE
Topo

Eleições Americanas

Biden tem grande vantagem financeira sobre Trump na reta final da campanha

O democrata Joe Biden, candidato à presidência dos Estados Unidos e adversário de Donald Trump - Chip Somodevilla/Getty Images/AFP
O democrata Joe Biden, candidato à presidência dos Estados Unidos e adversário de Donald Trump Imagem: Chip Somodevilla/Getty Images/AFP

21/10/2020 11h36

O candidato presidencial democrata norte-americano, Joe Biden, entrou na reta final da campanha com uma grande vantagem financeira sobre o presidente Donald Trump, como revelaram documentos enviados à Comissão Eleitoral Federal na terça-feira.

A equipe do ex-vice-presidente arrecadou e gastou mais do que a iniciativa de reeleição de Trump em setembro, e agora os anúncios de Biden são muito mais predominantes na televisão.

A vantagem do democrata na busca por fundos não é garantia de vitória. Trump triunfou na eleição de 2016 mesmo tendo gastado menos do que a democrata Hillary Clinton.

Pesquisas Reuters/Ipsos mostram que, nos Estados-chave que provavelmente decidirão o vencedor da eleição de 3 de novembro, a disputa aparece mais acirrada do que nas sondagens nacionais, que colocam Biden bem à frente do presidente.

No final de setembro, a equipe de Biden tinha cerca de 177 milhões de dólares em caixa, quase o triplo dos 63 milhões da equipe de Trump.

O campo de Biden arrecadou 281 milhões de dólares durante o mês, mais de três vezes que os 81 milhões obtidos pelo campo de Trump, revelaram os documentos, e os democratas gastaram mais do que o dobro do time do republicano.

A equipe de Trump gastou menos de 56 milhões de dólares em anúncios de rádio e TV no mês passado, e a equipe de Biden quase 148 milhões, de acordo com a equipe de pesquisa de mercado Advertising Analytics LLC.

Eleições Americanas