PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

Biden não interferirá no processo de impeachment de Trump, diz Casa Branca

"Temos confiança de que o Senado consegue realizar sua tarefa constitucional", disse a porta-voz da Casa Branca - Pool/Getty Images
"Temos confiança de que o Senado consegue realizar sua tarefa constitucional", disse a porta-voz da Casa Branca Imagem: Pool/Getty Images

Trevor Hunnicutt

Em Washington (EUA)

21/01/2021 11h49

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, deixará a mecânica do julgamento de impeachment do ex-presidente Donald Trump ao Senado, disse a porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, hoje.

"Temos confiança de que o Senado consegue realizar sua tarefa constitucional enquanto continua a tratar dos assuntos do povo americano", disse Psaki aos repórteres em uma entrevista coletiva na Casa Branca.

"Ele deixará a mecânica, a ocasião e os detalhes de como o Congresso avança no impeachment para eles (congressistas)", continuou.

O democrata Biden tomou posse ontem, uma semana depois de a Câmara dos Deputados aprovar um segundo impeachment de Trump, acusando o agora ex-presidente republicano de incitar uma insurreição na invasão ao Capitólio no início do mês.

A presidente da Câmara, Nancy Pelosi, ainda não enviou o artigo de impeachment ao Senado. De acordo com as regras do Senado, o julgamento do ex-presidente republicano começaria um dia depois de a denúncia ser enviada.

Biden já havia exortado os parlamentares a não permitirem que o julgamento de impeachment de Trump interfira com outras prioridades em seus primeiros dias no cargo, como a aprovação de seu gabinete e de legislações propostas.

Internacional