PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Putin se isola após casos de covid em seu entorno

Presidente da Rússia, Vladimir Putin, de 68 anos, está isolado como precaução depois de várias pessoas de seu entorno sentirem sintomas da covid-19 - Alexei Nikolsky/Sputnik/AFP
Presidente da Rússia, Vladimir Putin, de 68 anos, está isolado como precaução depois de várias pessoas de seu entorno sentirem sintomas da covid-19 Imagem: Alexei Nikolsky/Sputnik/AFP

Maxim Rodionov e Andrew Osborn

14/09/2021 08h24Atualizada em 14/09/2021 08h43

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, está se isolando como precaução depois de várias pessoas de seu entorno sentirem sintomas da covid-19, mas está "absolutamente" saudável e não está com a doença, informou o Kremlin nesta terça-feira.

Putin, de 68 anos, não viajará para o Tadjiquistão nesta semana, como planejado, por causa do isolamento. Ele participaria de reuniões sobre segurança, que agora fará por videoconferência.

O Kremlin disse que Putin tomou a decisão pelo isolamento depois de se reunir com o presidente da Síria, Bashar al-Assad, no Kremlin na segunda-feira, após consultas com médicos.

Putin também se reuniu com atletas paralímpicos da Rússia e viajou para o oeste do país na segunda-feira para supervisionar manobras militares feitas em conjunto com Belarus.

O porta-voz do Kremlin Dmitry Peskov disse a jornalistas que Putin teve contato com várias pessoas de seu entorno que contraíram covid-19 e apresentaram sintomas.

"É claro que sabemos quem ficou doente no entorno do presidente e o regime de isolamento não afeta o trabalho do presidente", disse Peskov.

"São somente reuniões presenciais que não acontecerão por um tempo. Mas isso não afeta a frequência delas e o presidente manterá suas atividades por videoconferência."

Indagado se Putin havia testado negativo para a covid-19, Peskov respondeu: "É claro que sim. O presidente está absolutamente saudável".

Internacional