Conteúdo publicado há 1 mês

Joe Biden sanciona lei que pode proibir TikTok nos EUA

WASHINGTON (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, sancionou nesta quarta-feira um projeto de lei que proíbe o TikTok nos Estados Unidos se a empresa proprietária do aplicativo, a chinesa ByteDance, não conseguir se desfazer do popular app de vídeos curtos nos próximos nove meses a um ano.

A plataforma de mídia social é particularmente popular entre os jovens norte-americanos com tendência de esquerda, um grupo crucial para Biden nas eleições de novembro contra o ex-presidente Donald Trump.

O presidente-executivo da TikTok, Shou Zi Chew, disse após a sanção de Biden que a empresa espera vencer uma contestação judicial contra a legislação.

?Fiquem tranquilos, não vamos a lugar algum?, disse ele em um vídeo postado momentos depois que Biden sancionou a lei. "Os fatos e a Constituição estão do nosso lado e esperamos prevalecer novamente."

Deixe seu comentário

Só para assinantes