PUBLICIDADE
Topo

Podcast

Geração P

Os impactos do coronavírus na sociedade, economia e cultura.


Geração P #10: Raí diz que melhor maneira de enfrentar ódio é brigar pela democracia

Do UOL, em São Paulo

08/06/2020 04h01

Geração P, o podcast do UOL sobre os impactos da pandemia, traz nesta segunda-feira (1º) uma entrevista com Raí, diretor do São Paulo e ex-jogador da seleção brasileira.

Na conversa com Jamil Chade e Ruth Manus, que apresentam o programa, ele fala sobre as possíveis mudanças no futebol causadas pela pandemia e também fala sobre seu posicionamento político —no começo de maio, em entrevista ao Globoesporte.com, o dirigente do São Paulo pediu a renúncia do presidente Jair Bolsonaro. Ouça a entrevista completa no arquivo acima.

Raí reconhece que o impacto da pandemia no futebol foi gigantesco, inclusive economicamente. E acredita que haverá uma aceleração no consumo à distância dos jogos, como por realidade virtual (ouça a partir de 01:25). "São projetos que já existiam, mas que devem se acelerar, até porque devem precisar de novas receitas e de ser criativo. Muitas coisas novas vão ser antecipadas, é o que eu espero, apesar de o futebol ser muito conservador. Tem que acelerar para ter mais receita, se reerguer rapidamente."

Ele reforça que, apesar das possíveis mudanças, a importância da torcida se manterá em novos cenários. "O público é parte do espetáculo. Obviamente que se pode jogar por exceção, como está sendo na Alemanha, como vai ser em outros países sem público, por algum momento. Mas o espetáculo, para ser consumido em casa, no digital, no seu smartphone, se estiver sem torcida fica sem graça. Então, a torcida é uma parte importante do espetáculo. [...] O futebol raiz em algum momento vai voltar, mas sobre a maneira de ser consumido, o futebol tem de aprender bastante para extrair ao máximo a potência dessa paixão", continuou (a partir de 02:36).

Na conversa, o ex-jogador da seleção também falou sobre seu posicionamento político (ouça a partir de 13:35) . "Quando eu me posicionei, primeira coisa que falei foi: estou falando como o Raí, personagem do futebol, mas a minha opinião é pessoal. Tive esse cuidado. E acabou tendo uma repercussão exagerada em certo ponto, mas a discussão de fundo foi muito importante. Porque não foi só a opinião em si, mas foi o cidadão. Nós somos cidadãos antes de qualquer coisa: de ser um ator, um jogador, um advogado, um jornalista. O cidadão tem que se manifestar e temos que ter debates de ideias."

Raí também falou sobre momento de polarização (em 17:28). "Hoje a gente vê muita gente receosa de colocar qualquer opinião. Estou vendo um momento na sociedade [...] se mobilizando em prol desse debate contra o ódio. Isso não vai acabar, mas não pode ganhar. A gente tem que aprender a conviver com isso e a melhor maneira de enfrentar é ter a coragem de se posicionar, chamar o debate e brigar, lutar, pela democracia."

Geração P

A letra "P", do nome do podcast, refere-se à pandemia, às perspectivas e, especialmente, às projeções de como serão nossas vidas daqui para frente. Assista abaixo ao vídeo de lançamento do podcast.

Às segundas e quartas, o programa tem apresentação de Jamil Chade, colunista do UOL baseado em Genebra, e Ruth Manus, advogada e escritora que vive em Lisboa. Eles trazem bate-papos, análises e reflexões sobre os novos caminhos que se formam a partir da Covid-19, além de entrevistas.

Aos sábados, o podcast volta seu olhar a mulheres no Brasil que estão na linha de frente contra o coronavírus. A jornalista Giuliana Bergamo conta essas histórias, que fazem parte de uma série de reportagens especiais de Universa, a plataforma feminina do UOL. O primeiro relato foi sobre os desafios enfrentados por Ho Yeh Li, coordenadora da UTI de doenças infecciosas do HC-SP, que foi vítima do coronavírus e participou da repatriação de brasileiros na China.

Se quiser saber mais sobre como será a civilização pós-pandemia, a plataforma Ecoa, também do UOL, traz a visão de diversos especialistas na série O Mundo Pós-Covid-19. Eles desenham possíveis cenários para o que vem depois e falam sobre como as escolhas de agora podem contribuir para a construção de um futuro mais desejável.

Você pode ouvir o podcasdt Geração P no UOL, no Youtube e em distribuidores de podcasts, como Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e Deezer. Com este lançamento, o UOL soma 14 podcasts: você pode conferir todos os programas em uol.com.br/podcasts.