Topo

CarnaUOL

Blocos de rua


Madrinha de bloco LGBT, Regina Volpato adora Carnaval de SP: 'Superanimado'

Divulgação
Regina Volpato participa de bloco em SP e desfila pela Vilsa Isabel no Rio Imagem: Divulgação

Olívia Dantas

Colaboração para o UOL, em São Paulo

2019-01-31T17:38:12

31/01/2019 17h38

O Carnaval de 2019 será movimentado para Regina Volpato. Além de voltar a desfilar pela Vila Isabel, a apresentadora do programa "Mulheres", da Gazeta, será madrinha do bloco Será que Ele É?, organizado pelo Museu da Diversidade Sexual. Orgulhosa do posto, ela elogia a folia paulistana.

"O Carnaval de São Paulo está superanimado, e fico feliz em fazer parte desta conquista da minha cidade. Foi-se o tempo em que a capital paulista era uma cidade sisuda. Hoje ocupamos os espaços com alegria!", defende.

Sobre o retorno à Vila Isabel, Regina conta que desfilou em 2013 e 2014, mas precisou ficar fora nos anos seguintes por causa de compromissos profissionais. Ela explica que, para 2019, procurou a diretoria e manifestou a vontade de estar na Marquês de Sapucaí (confira os horários dos desfiles do Rio).

"A Vila é minha escola do coração, sou muito feliz em fazer parte daquela comunidade, em estar com eles. Entrei em contato com a escola, e o Edson Pereira, carnavalesco, e o Wilsinho Alves, diretor, me convidaram para estar com eles em 2019. Eu topei na hora. É como voltar para casa. Estou muito feliz", comemora.

A apresentadora ainda não sabe se estará em um carro alegórico ou no chão e revela que, aos 50 anos, não se intimida em desfilar ao lado de musas de corpos sarados.

"Acho que o Carnaval é essa mistura. Todos os corpos e estilos compartilham o mesmo espaço. Não me comparo a uma musa mais nova, afinal, cada uma está no seu momento, curtindo a sua idade, mas fico feliz quando recebo mensagens de mulheres que dizem se inspirar em mim, que falam que vão desfilar pela primeira vez depois que viram que eu estarei na avenida, que falam que se animaram a brincar o Carnaval", conta.

"Pra mim, o mais importante é isso: que as mulheres saibam que tudo é permitido, independentemente da idade", completa a apresentadora, que estará a postos no dia 23 de fevereiro, na rua Augusta, no Carnaval de rua de São Paulo. "Será o segundo ano que ocupo este posto, o que é motivo de muito orgulho para mim", afirma.
 

Mais Blocos de rua