PUBLICIDADE
Topo

Blocos de rua

Deborah Secco e filha serão madrinhas de baile; veja dicas para as crianças

Deborah Secco e a filha, Maria Flor - Arquivo Pessoal
Deborah Secco e a filha, Maria Flor Imagem: Arquivo Pessoal

Carlos Minuano

Colaboração para o UOL, em São Paulo

15/02/2019 04h00

Dos mais populares aos moderninhos, embalados por marchinhas ou por rock, não faltarão opções neste Carnaval para a criançada se jogar no ziriguidum. A atriz Deborah Secco, por exemplo, preferiu uma folia vintage. Ela e a filha, Maria Flor, serão madrinhas de um bailinho ao melhor estilo das antigas matinês, com direito a muitas marchinhas, fantasias, confetes e purpurina.

A pequena Maria Flor, 3 anos, participa ao lado da mãe do primeiro Bailinho de Carnaval da revista Bazaar Kids. A festa acontecerá no próximo dia 24, das 14h às 17h, no espaço A Casa - Museu do Objeto Brasileiro.

Ao UOL, Deborah Secco conta que não será a estreia da filha na folia. "Ela ama se fantasiar e já participou de outros Carnavais." Mas a atriz admite que está ansiosa, porque será a primeira vez que a filha sairá como rainha.

As marchinhas tradicionais da cinquentenária Banda do Fumaça prometem sacudir os baixinhos e embalar a folia, que também terá no cardápio a artista Lana Miranda tocando Carmem Miranda e Chiquinha Gonzaga e a cantora Mary Munhoz.

Segundo Patrícia Favalle, diretora da Bazaar Kids, realizar o bailinho no museu foi uma forma de colocar as crianças em contato com a cultura. "Teremos também no local oficinas de pintura com glitter ecologicamente correto, máscaras e bolhas de sabão, tudo para recriar o ambiente dos Carnavais de antigamente."

A revista também estreia um bloquinho com marchinhas de Carnaval sob o comando do DJ Dee (rádio Mix), neste domingo (17), na rua Guaicuí.

Bailinho da Bazaar Kids
Quando: 24 de fevereiro
Horário: das 14h às 17h
Onde: A Casa - Museu do Objeto Brasileiro (av. Pedroso de Moraes, 1.234, Pinheiros)
Quanto: R$ 50

Bloquinho da Bazaar Kids (marchinhas de Carnaval com o DJ Dee)
Quando: 17 de fevereiro
Horário: das 12h às 15h
Onde: na rua Guaicuí, em Pinheiros
Quanto: gratuito

Rock carnavalesco

Beatles para Crianças - Divulgação - Divulgação
Bloco Beatles para Crianças
Imagem: Divulgação

Para quem preferir uma folia mais moderninha, o Bloco Beatles Para Crianças pode ser o programa perfeito. O que no início era apenas um show criado por educadores para dar uma turbinada no repertório musical de seus alunos, há dois anos virou um bloco de Carnaval, embalado pelas canções do lendário quarteto de Liverpool. Mas, claro, em ritmo carnavalesco.

Apesar de se apresentar como bloco, o grupo ainda não desfila na ruas. "Não é nosso foco", conta Fábio Freire, professor de música e um dos idealizadores do projeto. Quem quiser conferir o cancioneiro dos Beatles misturado com samba, marchinhas, maracatu, ciranda e outros ritmos tem que ir em alguma das muitas festas onde o grupo se apresenta. Tem uma neste domingo (17), a partir das 16h30, na Casa Natura Musical.

O repertório para o bailinho, segundo Freire, também incluirá versões originais das músicas dos Beatles e grandes clássicos do Carnaval, como "Mamãe Eu Quero" e "Me Dá um Dinheiro Aí". O bloco fará ainda outras apresentações durante o Carnaval.

Bloco Beatles Para Crianças
Quando: domingo (17)
Horário: 16h30
Onde: Casa Natura Musical (r. Arthur de Azevedo, 2.134, Pinheiros)
Quanto: R$ 80

Filhote de bloco

Bloco Urobózinho - Divulgação - Divulgação
Bloco Urobózinho
Imagem: Divulgação

Para quem curte a folia na rua, um bloquinho que tem levado cada vez mais crianças para a farra é o Urobózinho, filhote do bloco Urobó, ambos na Freguesia do Ó (zona norte). Os desfiles neste ano acontecem nos dias 2 e 3 de março, das 9h às 12h.

A folia dos fundadores do bloquinho começou em 2010 como uma brincadeira que reunia pouco mais de uma dezena de amigos. Mas, nos anos seguintes, o número de foliões foi crescendo tanto que as crianças não conseguiam mais participar. Por isso, em 2014, o grupo decidiu  criar um espaço só para elas, conta Leandro Gil, fundador dos dois blocos.

"A ideia emplacou, e conseguimos logo no início até patrocínio para distribuir achocolatado e contratar animadores", lembra. Em 2018, cerca de 800 crianças participaram em cada dia de desfile, segundo o fundador do bloquinho. "Nossa expectativa é que neste ano venha um público maior, por volta de mil, talvez", comenta Gil.

Bloco Urobózinho
Quando: 2 e 3 de março
Horário: das 9h às 12h
Onde: Largo da Matriz de Nossa Senhora do Ó (Freguesia do Ó)

Folia inclusiva

Bloco Erê Tantã - Divulgação - Divulgação
Bloco Erê Tantã
Imagem: Divulgação

De contorno menores, sem patrocínio, mas com uma proposta séria de brincar, o Erê Tantã, criado por um grupo de moradores do Butantã (zona oeste) também já está esquentando os tamborins para mais uma folia. Com inclinação política e pedagógica, teve o combate à dengue como tema no primeiro desfile em 2015, na marchinha "Xô Aedes".

Apesar de confirmado o desfile anual, o bloco mantido com apoio da comunidade enfrenta muitas dificuldade, segundo a coordenadora Camila Souza. "Neste ano, está muito difícil", reclama. "Nossa proposta é toda de inclusão, não permitimos que nada seja vendido no cortejo, então isso desestimula o patrocínio", admite. "Fantasia, água, lanches, é tudo de graça para todos."

A coordenadora critica a falta de atenção do poder público com os blocos mais culturais. "É importante que, para ter acesso às políticas públicas, não seja necessário incluir a bandeira de uma marca."

Bloco Erê Tantã
Quando: 9 de março
Horário: concentração a partir das 13h. De 15h às 20h cortejo
Onde: praça Elis Regina, Butantã

Blocos de rua