PUBLICIDADE
Topo

Chico Alves

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Alessandro Vieira se lança como pré-candidato a presidente

13.mai.2021 - O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), suplente da CPI da Covid - Pedro França/Agência Senado
13.mai.2021 - O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), suplente da CPI da Covid Imagem: Pedro França/Agência Senado
Chico Alves

Chico Alves é jornalista, por duas vezes ganhou o Prêmio Embratel de Jornalismo e foi menção honrosa no Prêmio Vladimir Herzog. Foi editor-assistente na revista ISTOÉ e editor-chefe do jornal O DIA. É co-autor do livro 'Paraíso Armado', sobre a crise na Segurança Pública no Rio, em parceria com Aziz Filho.

Colunista do UOL

30/08/2021 09h28

Aqueles que buscam um candidato da tão decantada terceira via na corrida ao Palácio do Planalto em 2022 terão mais uma opção. Com a repercussão positiva de sua atuação na CPI da Covid, o senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) decidiu topar o desafio. "Estou colocando meu nome à disposição do Cidadania como pré-candidato à Presidência da República", anunciou ele, em nota enviada ao partido.

Vieira explica que a decisão não nasceu de um sonho pessoal e sim do diálogo e da reflexão sobre o cenário atual. O senador diz não acreditar em soluções personalistas.

"Não sou representado pela permanência de Bolsonaro no poder ou pelo retorno de Lula", diz o parlamentar. "Sei que milhões de brasileiros têm o mesmo sentimento".

O senador acredita que tem perfil para conquistar os eleitores que gostariam de votar no ex-ministro Sergio Moro, que resiste à ideia de se candidatar à presidente. Além disso, ele pretende agregar votos dos moderados "à esquerda e à direita".

O primeiro passo, porém, é ter o sinal verde do próprio partido. "É justamente o que questiono perante a Executiva: o Cidadania está disposto e entende oportuno apresentar candidatura própria? Se sim, meu nome está à disposição para essa missão", diz Alessandro Vieira no texto