PUBLICIDADE
Topo

Chico Alves

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Sem Doria, cresce chance de Lula vencer no 1° turno, diz diretor da Quaest

Luiz Inácio Lula da Silva, do PT - EPA/LUCA PIERGIOVANNI
Luiz Inácio Lula da Silva, do PT Imagem: EPA/LUCA PIERGIOVANNI
Chico Alves

Chico Alves é jornalista, por duas vezes ganhou o Prêmio Embratel de Jornalismo e foi menção honrosa no Prêmio Vladimir Herzog. Foi editor-assistente na revista ISTOÉ e editor-chefe do jornal O DIA. É co-autor do livro 'Paraíso Armado', sobre a crise na Segurança Pública no Rio, em parceria com Aziz Filho.

Colunista do UOL

23/05/2022 16h25

Em uma disputa tão acirrada pela eleição a presidente como a deste ano, a desistência do tucano João Doria levanta imediatamente a dúvida sobre qual candidato vai herdar seus votos. O cientista político Felipe Nunes, diretor da Quaest Pesquisas, disse no Twitter que Lula deverá ser o grande beneficiado.

"Lula aumenta as chances de vitória no primeiro turno, com o voto útil, pois o eleitor do Doria rejeita mais Bolsonaro (77%) do que Lula (62%)", acredita Nunes.

Em seu tuíte, o cientista político disse também que a chamada terceira via aumenta as chances de organizar sua tropa para tentar viabilizar uma opção fora da polarização. "A coordenação das elites é fundamental para que os eleitores possam tomar decisões eleitorais", observa ele. "Até aqui, a 3ª via mais atrapalhou do que ajudou o eleitor".