Josias de Souza

Josias de Souza

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
Opinião

Pressa dá à venda da Sabesp a aparência de cartola sem coelho

O Palácio dos Bandeirantes dava de barato desde o início da semana que a proposta de privatização da Sabesp seria votada e aprovada pela Assembleia Legislativa de São Paulo até quinta-feira. Operando em ritmo de vai ou racha, Tarcísio de Freitas diz que nada o fará recuar do propósito de concluir o projeto. Mesmo que rachado. Governante que aposta nos efeitos benignos da privatização, mas descuida da forma como ela é conduzida, arrisca-se a estragar a mágica.

O projeto que autoriza a venda da Sabesp chegou ao plenário da Assembleia antes que os detalhes fossem levados à vitrine. Não foi definido o valor do negócio. Os prefeitos de 375 municípios ainda não manusearam um mísero esboço de contrato.

A desinformação não impede a equipe de Tarcísio de acionar dois bumbos. Num, o governo anuncia a futura redução das contas de água. Noutro, proclama a antecipação em quatro anos, para 2029, do plano de universalização do saneamento em São Paulo. Diz-se que R$ 10 bilhões serão suficientes para levar esgoto a 100% dos lares paulistas. O dinheiro viria do lucro do futuro negócio que ainda não foi orçado. O resto da verba desconhecida será hipoteticamente aplicado em áreas como saúde, educação e segurança pública.

Se as tarifas subirem depois que a Sabesp virar privada —sem duplo sentido—, o eleitor talvez não espere até que todos os banheiros do estado estejam interligados à rede de esgoto para dar o troco a Tarcísio. O governador não deveria ignorar o "Efeito Enel".

A concessão à iniciativa privada do serviço público de energia elétrica em São Paulo foi tratada como um êxito porque imaginava-se que a simples ideia de afastar o Estado dos postes de luz evitaria os apagões. Dias atrás, um temporal com ventos fortes deixou consumidores sem energia por até seis dias na capital paulista. Tarcísio culpou as árvores. Com sua pressa privatista, o governador dá à mágica da venda da Sabesp uma aparência de cartola sem coelho.

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes