PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Bolsonaro não enviou representante para reunião que acertou debates na CNN

9.ago.2018 -  Então candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro participa do primeiro debate entre os presidenciáveis das eleições de 2018, promovido pela Band - Nilton Fukuda/Estadão Conteúdo
9.ago.2018 - Então candidato à Presidência pelo PSL, Jair Bolsonaro participa do primeiro debate entre os presidenciáveis das eleições de 2018, promovido pela Band Imagem: Nilton Fukuda/Estadão Conteúdo
Conteúdo exclusivo para assinantes
Mauricio Stycer

Jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 29 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o "Lance!" e a "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Adeus, Controle Remoto" (editora Arquipélago, 2016), "História do Lance! ? Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo? (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011). Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Colunista do UOL

21/01/2022 12h09Atualizada em 21/01/2022 14h38

A CNN Brasil anunciou nesta sexta-feira (21) as datas dos debates que fará com os candidatos à Presidência este ano. O primeiro debate será no dia 6 de agosto e, em caso de segundo turno, o outro será no dia 3 de outubro.

A definição ocorreu numa reunião com representantes de MDB, Podemos, PSDB, PSD, PT e PDT. Neste momento, são citados como pré-candidatos por estes partidos, respectivamente, Simone Tebet, Sergio Moro, João Doria, Rodrigo Pacheco, Lula e Ciro Gomes.

Segundo a CNN, o "candidato Jair Bolsonaro disse que ainda não tem representante para enviar". O presidente se filou ao PL em novembro do ano passado.

O debate presidencial da CNN Brasil em 6 de agosto será o primeiro com os candidatos oficiais, já que acontecerá um dia depois do encerramento do prazo para as convenções, quando os partidos escolhem seus representantes para concorrer às eleições. O segundo debate acontecerá um dia após a votação do primeiro turno.

O local dos dois eventos será o Teatro Fecomércio, em São Paulo, e o formato seguirá o modelo da CNN dos Estados Unidos, no qual os candidatos respondem a perguntas feitas pelo moderador e, depois, discutem sobre o tema com mais profundidade.

Em dezembro, a Jovem Pan anunciou que promoverá debates entre os candidatos à Presidência da República em 9 de agosto e, se houver segundo turno, em 11 de outubro.

A Band, que tradicionalmente realiza o primeiro debate eleitoral na TV aberta, reservou o dia 4 de agosto para o seu evento. Como é um dia antes do prazo final para convenções partidárias, a emissora considera que a data pode, como foi informado aos partidos, sofrer eventualmente um ajuste. O debate no segundo turno está programado, inicialmente, para 4 de outubro.

Na próxima quarta-feira (26), a Band realiza nova reunião com os representantes dos partidos para detalhar a cobertura que fará das eleições, incluindo os debates. Segundo a emissora, o PL confirmou presença.

Debates em 2018

Com problemas de saúde por causa do atentado a faca que sofreu em 6 de setembro de 2018, o então candidato Jair Bolsonaro participou de apenas dois debates no primeiro turno. Por este motivo, também, não houve nenhum debate no segundo turno.

Bolsonaro e Fernando Haddad (PT), chegaram às urnas sem jamais terem se enfrentado em um debate - no primeiro turno, dos sete encontros do gênero, o candidato do PSL esteve nos dois primeiros e o candidato do PT nos quatro últimos.