Topo

UOL Confere

Uma iniciativa do UOL para checagem e esclarecimento de fatos

Lulu Santos repudia falsa carta atribuída a ele pedindo reforma na política

Arte/UOL
Imagem: Arte/UOL

Lucas Borges Teixeira

Colaboração para o UOL, em São Paulo

02/07/2018 04h00

Uma carta aberta com um pedido de desculpas de Lulu Santos circula pelas redes sociais. A mensagem, supostamente publicada pelo cantor no jornal "Diário de S. Paulo", que teve sua circulação interrompida no início deste ano, pede que a população lute por uma "reforma profunda na política nacional". 

"Eu peço perdão ao Brasil pela porcaria que fiz", diz a mensagem. O motivo, segundo o texto, seria a situação atual do país, com "pessoas morrendo em filas de hospitais", "bandidos matando por R$ 10" e "toda a classe política desse país esfregando a bandalheira na nossa cara e desfilando uma incompetência absurda".

"Deveria ter ficado em casa quieto ao invés de ir às ruas. Lutei pra que? Pra ver corrupto no poder fazendo manobras pra se manter no poder e por quê agora estamos quietos?", prossegue a suposta crítica. "Cade você nas ruas? Esqueçam cor de bandeiras. Vamos nos unir e lutar por um só motivo: nossos direitos."

FALSO: Lulu Santos não é o autor da mensagem

A mensagem politicamente engajada não é de Lulu Santos. Além de não haver registro de coluna nenhuma assinada por ele no jornal "Diário de S. Paulo", o compositor carioca foi às redes sociais no final de maio para denunciar a fraude.

"O texto abaixo atribuído a mim é absolutamente falso", declarou o músico em seu perfil oficial na internet. "Fake news da pior espécie e me admira que algum meio de informação minimamente responsável o esteja veiculando."

Segundo o cantor, nem a forma nem o conteúdo combinam com ele. "Não é minha linguagem e tampouco meu pensamento. #Repudio", concluiu.

Procurada, sua assessoria de imprensa apenas reiterou a postagem publicada.

Lulu Santos não é o único caso

Cartas abertas assinadas atribuídas a famosos não são novidade. A reportagem apurou que a mesma mensagem já recebeu a assinatura do juiz Sergio Moro e do funkeiro Mr. Catra.

Moro, um dos destaques da Operação Lava Jato, tem sido creditado como autor de diversos textos que circulam pelas redes. O UOL Confere já desmascarou suposta mensagem em que o magistrado pregava redução do Congresso e fim do voto facultativo, que receberia mais de R$ 100 mil por mês e que já recebeu ameaças da população e até do presidente Michel Temer.

O magistrado, no entanto, não comenta as fake news que saem em seu nome.

Mas ele não é o único. Como Lulu Santos, famosos de fora do jogo político também são envolvidos em correntes relacionadas à situação nacional. Neste ano, a popstar Madonna ganhou uma montagem falsa com a camisa do PT e a condenada Suzane  von  Richthofen tornou-se falsamente candidata a deputada federal pelo partido.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero receber

Mais UOL Confere