Topo

UOL Confere

Uma iniciativa do UOL para checagem e esclarecimento de fatos

Bombeiros reprovam uso de Coca-Cola para apagar incêndios

Reprodução/Facebook
Imagem: Reprodução/Facebook

Lucas Borges Teixeira

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/07/2018 04h00

Uma mensagem recente da internet usa um vídeo para trazer uma suposta dica caseira na hora de apagar um incêndio em casa: o uso de Coca-Cola contra o fogo. Consultado pelo UOL, o Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo não indica a solução em nenhuma situação de emergência.

A mensagem checada diz o seguinte: “Os bombeiros recomendam ter uma Coca na geladeira. Esse truque pode salvar vidas. [...] No caso de um incêndio em casa, não é fácil ter um extintor de incêndio à mão. [...] Em vez de perder tempo procurando água, [...] é possível usar uma garrafa de Coca-Cola”.

De acordo com as instruções, “o truque é simples”. Basta remover a tampa e agitar a garrafa de refrigerante, cobrindo a abertura com o polegar. “Em seguida, direcione sua garrafa para as chamas e, em alguns segundos, o fogo será controlado rapidamente”, conclui.

Junto ao texto aparece um vídeo de um homem com uniforme de bombeiro fazendo uma demonstração de como apagar um pequeno foco de fogo usando uma garrafa de Coca-Cola.

FALSO: Bombeiros não recomendam o uso de Coca-Cola

Embora o homem no vídeo apague o fogo, esta não é uma recomendação do Corpo de Bombeiros.

“Não utilizamos, não recomendamos e não há comprovação de que refrigerante seja mais eficiente”, afirma o cabo Israel, porta-voz do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo.

“A Coca-Cola, por causa do gás, tem pressão quando é chacoalhada, ele [o homem do vídeo] está usando-a como uma espécie de extintor”, afirma o militar, ao assistir ao vídeo. “Mas, pelo ambiente, acredito que ele esteja apenas mostrando como um recurso. De maneira alguma deve ser adotado como padrão a ser usado pela população”.

Segundo o bombeiro, além de ser só uma demonstração, o cenário presente no vídeo é um ambiente controlado, completamente diferente de um incêndio em casa, onde há diferentes variantes. “Ali fica mais fácil pela proporção do fogo, está tudo sob controle”, argumenta.

Não estoque refrigerante, ligue para os bombeiros

Israel aconselha a sempre ligar para o Corpo de Bombeiros no número 193. “Nós somos treinados para ajudar em diferentes situações, de problemas de asfixia a focos de incêndio. Enquanto uma viatura é encaminhada para socorro, o atendente vai conversar com o cidadão, auxiliá-lo”, explica o militar.

Ele insiste que acompanhamento é necessário, uma vez que os ambientes de acidente são muito diversos. “Se um ventilador está pegando fogo e você não conseguir tirá-lo da tomada, não poderá jogar água, se não vai colocar sua própria vida em risco”, exemplifica Israel. “Nós vamos ajudá-lo. Sempre ligue para o 193."

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero receber

Mais UOL Confere