Topo

UOL Confere

Uma iniciativa do UOL para checagem e esclarecimento de fatos


MST não ateou fogo em laboratório que produz vacina contra a meningite

Arte/UOL
Imagem: Arte/UOL

Lucas Borges Teixeira

Colaboração para o UOL, em São Paulo

2019-03-18T04:01:00

18/03/2019 04h01

Uma mensagem que circula pelas redes sociais desde o começo do mês acusa o MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) de atrapalhar a distribuição de vacinas contra a meningite no país ao queimar laboratórios.

Lembrando que o MST ateou fogo no laboratório onde era produzida as vacinas contra a meningite"

A publicação teve quase 30 mil compartilhamentos no Facebook. Textos semelhantes também têm sido compartilhados por aplicativos de mensagem.

FALSO: MST não queimou laboratório

A mensagem é falsa. O UOL não identificou o incêndio de nenhum laboratório que produz vacina de meningite no Brasil.

A Sociedade Brasileira de Imunizações (Sbim) afirmou ao UOL que a corrente na internet é "completamente sem fundamento" e que, caso isso tivesse ocorrido, "teria havido uma grande repercussão".

De acordo com a Sbim, o órgão tem registrado uma série de notícias falsas relacionadas à vacinação contra a meningite desde a morte do neto do ex-presidente Lula, no dia 1º. A reportagem também identificou que esta corrente só começou a circular depois da fatalidade.

A Fundação Ezequiel Dias (Funed), produtora da vacina meningocócica C no Brasil, também negou que qualquer laboratório seu tenha sofrido algum ataque.

O MST também chamou a corrente de "fake news". "Desde o início de sua história, por incomodar os poderes econômicos e políticos ao ousar lutar pela reforma agrária, o MST sempre foi alvo de mentiras desse tipo, as quais repudiamos veementemente", declarou o movimento, em mensagem enviada ao UOL.

O UOL Confere é uma iniciativa do UOL para combater e esclarecer as notícias falsas na internet. Se você desconfia de uma notícia ou mensagem que recebeu, envie para uolconfere@uol.com.br.

Mais UOL Confere