PUBLICIDADE
Topo

UOL Confere

Uma iniciativa do UOL para checagem e esclarecimento de fatos


É montagem vídeo que mostra cocaína em conversa de Zelensky e Elon Musk

26.abr.2022 - É montagem vídeo que mostra cocaína sobre a mesa de Zelensky durante conversa com Elon Musk - Arte/UOL sobre Reprodução/Whatsapp
26.abr.2022 - É montagem vídeo que mostra cocaína sobre a mesa de Zelensky durante conversa com Elon Musk Imagem: Arte/UOL sobre Reprodução/Whatsapp

Letícia Mutchnik

Do UOL, em São Paulo

26/04/2022 17h31

É falso o vídeo que mostra cocaína sobre a mesa do presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, durante uma conversa com Elon Musk, bilionário que comprou o Twitter e é dono da SpaceX e da Tesla. Trata-se de uma montagem. A gravação original foi publicada no dia 5 de março no perfil oficial de Zelensky.

Um leitor recebeu o conteúdo falso pelo WhatsApp e encaminhou para o UOL Confere pelo email uolconfere@uol.com.br. Uma mensagem acompanhava o vídeo: "Zelensky conversando por vídeo com Elon Musk. Como estimulante, uma montanha de cocaína. A vida de milhões de pessoas nas mãos de um drogado". A imagem adulterada mostra a mesa do presidente ucraniano com uma pilha de cocaína e um cartão de crédito, passando por um celular em cima de papéis desfocados e depois a tela do computador de Zelensky em chamada de vídeo com Musk e outros dois homens.

A gravação original foi publicada no perfil do presidente ucraniano no dia 5 de março. Nela, podemos ver que tudo está como no vídeo adulterado — com exceção da cocaína e do cartão de crédito.

Na legenda da publicação original, o chefe de Estado agradeceu Elon Musk por ter enviado equipamentos para manter o acesso à internet na Ucrânia. Zelensky também convidou o empresário para visitar o país assim que a guerra acabasse.

A chamada de vídeo foi noticiada por veículos da imprensa internacional, como BBC e The Independent. Outros, como a edição norte-americana da Rolling Stone, a TF1 Info, da França, e o Al Bawaba, da Jordânia, publicaram checagens do mesmo vídeo adulterado, mostrando que o conteúdo falso também circulou em outros países.

No Brasil, este conteúdo também foi checado pelo Aos Fatos e a Agência Lupa.

O UOL Confere é uma iniciativa do UOL para combater e esclarecer as notícias falsas na internet. Se você desconfia de uma notícia ou mensagem que recebeu, envie para uolconfere@uol.com.br.