PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

São Luís sofre novos ataques a ônibus e posto da PM enquanto Estado troca comando da polícia

Aliny Gama

Do UOL, em Maceió

12/11/2013 17h05

A onda de ataques criminosos em São Luís (MA) continua. Homens armados assaltaram um ônibus na Lagoa da Jansen e tentaram atear fogo no veículo na noite dessa segunda-feira (11). Ao mesmo tempo, um outro grupo tentou invadir e colocou fogo no trailer da PM (Polícia Militar) do bairro Vila Nova, o mesmo que foi atacado no sábado (9), e um policial que estava no posto foi assassinado a tiros.

Os ataques ocorreram na mesma noite o governo do Estado anunciava novos nomes para o comando da PM, o subcomando da corporação e o comando do Policiamento Metropolitano.

O coronel Aldimar Zanoni Porto, 46, é o novo comandante da tropa da PM em substituição ao coronel Franklin Pacheco. O subcomando da PM também foi mudado, e quem assume o cargo é o coronel João Alfredo Soares de Quadro Nepomuceno, 44. O comando do Policiamento Metropolitano terá à frente o tenente coronel Marco Antonio Alves da Silva, 44. A cerimônia de passagem deve ocorrer nesta quarta-feira (13).

Segundo informações do Ciops (Centro Integrado de Operações de Segurança), três homens armados invadiram um ônibus durante do desembarque de passageiros na Lagoa da Jansen, quebraram as janelas de vidro e jogaram combustível no interior do veículo. No momento em que os vândalos iriam atear fogo no ônibus, observaram que a polícia estava chegando e fugiram. Nenhum passageiro ficou ferido.

São Luís registrou onda de ataques em outubro; relembre

  • Após rebelião em presídio em São Luís, que deixou nove mortos e ao menos 20 feridos, ônibus são incendiados e boatos sobre outros atos de vandalismo se espalham pela cidade, assustando a população. A reportagem foi exibida no SBT Brasil.

Já o segundo ataque ocorreu no posto da PM no bairro Vila Nova, no mesmo trailer em que o policial Francinaldo Sousa Pereira, 41, foi assassinado ao ser atingindo com pelo menos 18 tiros. O posto está fechado desde a morte do policial.

Segundo a polícia, vizinhos relataram que quatro homens estavam rondando o local em um carro não identificado e desceram do veículo jogando combustível, ateando em seguida fogo contra o trailer. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas os vizinhos conseguiram apagar as chamas no posto policial.

A polícia informou ainda que está em diligências para identificar os acusados pelo vandalismo. Até agora, nenhum dos autores dos ataques foi preso.

A polícia voltou a afirmar que os ataques ocorridos desde o fim de semana são retaliações ao trabalho de combate ao tráfico de drogas e o crime organizado. Segundo a SSP, mais de 40 traficantes e líderes de facções criminosas que agem na Região Metropolitana de São Luís, foram presos nos últimos 20 dias.

Outros ataques

Desde o sábado (9). a polícia vem registrando ataques a postos da PM, delegacias e ônibus em São Luís. No sábado, ocorreram ataques aos trailers da PM nos bairros Vila Nova e Fátima, onde um policial foi morto e duas pessoas foram baleadas – um militar e uma vizinha do posto.

Os policiais estavam de plantão sozinhos nos postos da PM quando foram surpreendidos por homens armados. Os postos ficaram fechados no domingo (10), até que a SSP informou novas medidas para reforçar o policiamento nos bairros, com patrulhamento, aumento do efetivo e aquisição de armas.

Ainda no sábado, dois ônibus da linha do Bequimão e da Alto da Esperança/Tamancão foram incendiados após serem assaltados.

Na madrugada do domingo (10), ocorreram outras ações criminosas. Duas delegacias, localizadas nos bairros São Francisco e Turu, tiveram portões e fachadas perfurados por tiros de arma de fogo.

Cotidiano