Beber água da torneira é recomendado? Saiba

Fabiana Maranhão

Do UOL, em São Paulo

Água em SP é potável, mas qualidade é diferente em cada região

Análise da qualidade da água da capital paulista, feita a pedido do UOL, mostra que ela é potável. Isso quer dizer que não há problema em bebê-la direto da torneira? Especialistas ouvidos pela reportagem recomendam cautela, seja em São Paulo ou qualquer outra cidade do país.

"Se a água da torneira está dentro dos padrões de consumo, se a qualidade dela está dentro do padrões, pode ser consumida naturalmente", diz Paulo Olzon, clínico e infectologista da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo).

O problema, segundo ele, está na forma como a água é armazenada. "Uma coisa é a água que está sendo fornecida e a outra é como você a utiliza, se lava a caixa d'água periodicamente", alerta.

"Se a água foi tratada, mas é armazenada de forma inadequada, não adiantou nada tratá-la", afirma Geraldo Resende Boaventura, professor do Instituto de Geociências da UnB (Universidade de Brasília).

Os dois pesquisadores recomendam a limpeza das caixas d'água no mínimo a cada seis meses, além de mantê-las sempre fechadas.

Se houver dúvida sobre a potabilidade da água, Olzon dá uma dica: "Fazer a fervura da água mata todos os possíveis agentes infecciosos".

Análise da água

A pedido do UOL, o laboratório Controle Analítico coletou amostras de água nas cinco regiões da capital paulista. A empresa de análise química privada trabalha em parceria com várias universidades, como Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) e USP (Universidade de São Paulo).

Os bairros foram escolhidos de forma aleatória, assim como os locais de coleta. Na Penha, zona leste, e no Capão Redondo, zona sul, a água foi recolhida em residências. No Bom Retiro, no centro, em um salão de beleza; na Freguesia do Ó, zona norte, em uma creche; e na Lapa, zona oeste, em um restaurante.

As amostras foram encaminhadas para análise em laboratório. Foram avaliados os 93 parâmetros estabelecidos pela portaria nº 2.914/2011, do Ministério da Saúde, que determina padrões de qualidade da água para consumo humano.

A conclusão do estudo é que a água consumida nas cinco regiões da capital é potável, seguindo o que estabelece a legislação brasileira.

Veja dicas para reduzir o consumo de água em casa
Veja Álbum de fotos

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos