PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

PM é baleado em baile funk no litoral de São Paulo

Caso do PM Edgar Fonseca de Oliveira foi registrado na Delegacia Seccional de Santos - Reprodução/Google Street View
Caso do PM Edgar Fonseca de Oliveira foi registrado na Delegacia Seccional de Santos Imagem: Reprodução/Google Street View

Fabiana Marchezi

Colaboração para o UOL

02/07/2018 17h26

A Polícia Civil de Santos, no litoral de São Paulo, investiga o caso de um policial militar de 31 anos que foi baleado durante uma averiguação em um baile funk na madrugada deste domingo (1º).

De acordo com o boletim de ocorrência, ao qual o UOL teve acesso, após diversas denúncias anônimas, Edgar de Oliveira Fonseca e outros policiais militares foram até a Travessa Um, no bairro Vila Progresso, para averiguar as reclamações de perturbação do sossego por conta do suposto baile. Segundo os denunciantes, os participantes da festa consumiam bebidas alcoólicas e entorpecentes.

Ao chegarem ao local, os PMs teriam sido recebidos a pedradas e garrafadas e usaram granadas de efeito moral e gás lacrimogêneo para conseguir conter as agressões. Quando o grupo estava se dispersando, um homem armado não identificado começou a atirar na direção dos policiais, e Fonseca foi atingido na canela esquerda. 

Leia mais:

Ainda segundo o boletim de ocorrência, os policiais não revidaram os tiros por conta da grande movimentação de pessoas no local e por não saberem de onde vinham os disparos. No local, foram apreendidos três estojos de arma de fogo. A polícia solicitou perícia, mas já havia interferências na cena do crime. O caso foi registrado na Delegacia Seccional de Santos.

O PM foi socorrido e encaminhado à Santa Casa de Santos. A instituição informou que o paciente segue internado e que o quadro de saúde dele é estável.

Cotidiano