Topo

Foram perdidos 200 anos de trabalho, diz Temer sobre incêndio no RJ

Do UOL, em Brasília

02/09/2018 21h43

Após o incêndio que destruiu boa parte do prédio do Museu Nacional, no Rio de Janeiro, o presidente Michel Temer (MDB) lamentou, em nota, o estrago.

"Incalculável para o Brasil a perda do acervo do Museu Nacional. Hoje é um dia trágico para a museologia de nosso país. Foram perdidos duzentos anos de trabalho, pesquisa e conhecimento. O valor para nossa história não se pode mensurar, pelos danos ao prédio que abrigou a família real durante o Império. É um dia triste  para todos brasileiros",  disse Temer em nota na noite deste domingo (2).

De acordo com a assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, o incêndio atinge os três andares do prédio e começou por volta de 19h30, quando a corporação foi acionada. Ainda de acordo com os Bombeiros, até o momento não há informações sobre feridos.

O Museu Nacional é vinculado à Universidade Federal do Rio de Janeiro, e completou 200 anos em 2018. Seu acervo tem mais de 20 milhões de itens.

Mais Cotidiano