Topo

Construída em 1976, barragem de Brumadinho tinha 25% do volume de Mariana

Do UOL, em São Paulo*

2019-01-25T17:11:00

25/01/2019 17h11

Segundo o site da mineradora Vale, a barragem principal que rompeu nesta sexta-feira (25) tinha capacidade de 12,7 milhões de metros cúbicos. 

Para efeito de comparação, a barragem da Samarco, operada pela Vale com a australiana BHP, tinha 50 milhões de metros cúbicos de rejeitos. No desastre de 2015, 19 pessoas morreram e o distrito de Bento Rodrigues terminou soterrado.

Arte/UOL
Imagem: Arte/UOL
A chamada Barragem 1, epicentro do acidente de hoje, foi construída em 1976, diz a página oficial da empresa, que enfrenta instabilidade nesta tarde. A barragem está situada em um afluente do rio Paraopeba, na Bacia do Rio São Francisco.

Atualmente, a barragem não receberia material, pois o beneficiamento do minério na unidade é feito a seco, ainda de acordo com o site.

O Ibama havia informado inicialmente que havia 1 milhão de m³ de rejeito no local, mas a informação foi alterada.

*Com Agência Estado

Mais Cotidiano