Topo

Mulher é morta a facadas com filho de 3 anos no colo; ex é suspeito, diz PM

Mulher é morta após discutir com ex-marido depois de pedir medida protetiva - Divulgação/Polícia Militar MG
Mulher é morta após discutir com ex-marido depois de pedir medida protetiva Imagem: Divulgação/Polícia Militar MG

Marcellus Madureira

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte

25/06/2019 15h04

Uma mulher de 41 anos foi morta a facadas enquanto segurava o filho de três anos no colo em Conceição do Capim, no interior de Minas Gerais, no último domingo (23). Segundo informações da Polícia Militar, o ex-marido é suspeito de ser o autor do crime.

De acordo com a PM, Jandira Gomes de Souza já tinha uma medida protetiva contra o ex-marido, motivo pelo qual ele se irritou. O homem se encontrou com a antiga companheira na saída de um culto religioso e, após uma discussão, tirou a faca da jaqueta e desferiu os golpes no tórax da vítima.

Testemunhas informaram à PM que o homem estava irritado com o término do relacionamento e decidiu encontrar a vítima ao saber da medida protetiva. Após esfaquear a ex-mulher, ele teria levado o celular que continha supostas mensagens de ameaças feitas por ele.

"Ao que tudo indica por causa da separação ele estava nervoso e discutiram", disse o delegado André Dias Nunes, responsável pelo caso, que confirmou as informações divulgadas pela PM. Porém, ele informou que ainda está investigando o caso e não dará maiores informações.

Segundo o delegado, o suspeito segue foragido e está com o celular da vítima. O filho do casal está sendo cuidado por parentes da vítima e o seu estado de saúde não foi divulgado.

Mais Cotidiano