Topo

SC: Adolescente morta com 40 facadas sonhava com festa de 15 anos

A adolescente Brenda Rocha Carvalho, encontrada morta em plantação de eucaliptos - Acervo pessoal
A adolescente Brenda Rocha Carvalho, encontrada morta em plantação de eucaliptos Imagem: Acervo pessoal

Bruna Alves

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/09/2019 04h00Atualizada em 18/09/2019 10h07

Resumo da notícia

  • Jovem foi achada morta no meio de eucaliptos
  • Laudo apontou 40 facadas no corpo
  • Um suspeito foi preso e, segundo a polícia, confessou o crime

Natural do Rio Grande do Sul, a adolescente Brenda Rocha Carvalho, 14, levava uma vida tranquila na cidade de Maracajá (SC) com os pais. Segundo a família, ela era alegre e amava cuidar do irmãozinho de dois anos.

No último final de semana, Brenda foi encontrada morta, brutalmente assassinada com dezenas de facadas pelo corpo, em uma plantação de eucaliptos, em Passo de Torres (RS). Ontem, um suspeito que não teve a identidade revelada foi preso e, segundo a polícia, confessou o crime.

A família conta que ela odiava acordar cedo e gostava de curtir a piscina, fazendo questão de estar sempre da perto da família. "Como ela odiava acordar cedo, na parte da manhã, estava sempre agitada, mas no resto do dia era calma. Gostava bastante de ir para a piscina e para a praia. No verão, a gente sempre se reunia. Era como minha irmã", diz a prima Daniela Valer, 20.

Caseira e boa de garfo, Brenda cursava o sétimo ano do ensino fundamental, gostava de ouvir músicas pela TV e aguardava ansiosa pelo seu aniversário de 15 anos, no dia 17 de fevereiro. A festa estava já toda paga.

"Quem não sonha em ter uma festa de 15 anos? Já estava sendo pensada havia tempos. Nesta sexta-feira, ela ia fazer o book", conta outra prima, Danali Valer, 25.

Inconformada, a família desconhece o que possa ter motivado o crime. "Ela não parava quieta, mas era bem tranquila, não tinha desavença com ninguém. Ela só tinha 14 anos, era uma criança ainda", diz o irmão mais velho, Allan Rocha Oliveira, 18.

Brenda Rocha Carvalho ao lado da mãe e dos dois irmãos - Acervo pessoal
Brenda Rocha Carvalho ao lado da mãe e dos dois irmãos
Imagem: Acervo pessoal

Os pais da jovem ainda estão sob efeito de medicamentos, por isso não conversaram com a reportagem.

Ontem, o delegado responsável pelo caso, Lucas da Rosa, titular da Delegacia de Investigação Criminal (DIC) de Araranguá, disse apenas que o suspeito é um homem de 30 anos

Ele foi encontrado pela polícia em um hospital, no município de Torres (RS), recebendo atendimento médico, após uma tentativa frustrada de cometer suicídio —ingerindo veneno de rato. .

Mais Cotidiano