PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês
Família ia a local de oração quando se envolveu em acidente e morreu no PR

Vinicius Konchinski

Colaboração para UOL, em Curitiba

03/08/2020 13h41Atualizada em 03/08/2020 15h21

Três pessoas de uma mesma família tinham acabado de deixar a igreja quando envolveram-se no engavetamento que causou a morte deles na noite de ontem, no Paraná. No total, o acidente na BR-277 deixou oito vítimas.

Fernando Jaroz Mendes, de 18 anos, sua esposa Ester Nunes de Oliveira, 19 anos, e a irmã dela, Jessica Nunes de Oliveira, de 22 anos, estavam todos no mesmo carro, conduzido pelo próprio Fernando, e morreram no local.

Marcelo Mendes, 31 anos, irmão de Fernando, contou que os três tinham acabado de sair da igreja que frequentavam quando o acidente ocorreu. Segundo Marcelo, eles estavam a caminho de um monte no qual costumavam fazer orações e envolveram-se no acidente.

"Eles iam para esse morro todo domingo depois da igreja", disse Marcelo. "O morro fica ali perto do pedágio, quase onde aconteceu o acidente."

Os familiares das três vítimas estiveram nesta manhã no IML (Instituto Médico Legal) de Curitiba para dar início ao processo de reconhecimento dos corpos.

Os outros cinco mortos do acidente são:

  • Jessica de Souza (22 anos, de Curitiba)
  • Lucas Moreira (24 anos, de Curitiba)
  • Guilherme Henrique Ribas de Oliveira (28 anos, de Curitiba)
  • Jurema Elvira Ferreira dos Santos (52 anos, de Curitiba)
  • Emanueli de Fátima Ferreira dos Santos (23 anos, de Telêmaco Borba) - morreu no hospital, era namorada de Jurema

Cotidiano