PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Calor bate recorde em BH e dia mais quente da história chega a 37,8° C

03.out.20 - Cão se refresca em bica na Praça da Liberdade, em sábado (3) de forte calor na cidade de Belo Horizonte (MG). - Uarlen Valério/Estadão Conteúdo
03.out.20 - Cão se refresca em bica na Praça da Liberdade, em sábado (3) de forte calor na cidade de Belo Horizonte (MG). Imagem: Uarlen Valério/Estadão Conteúdo

Do UOL, em Brasília

03/10/2020 17h55

As temperaturas chegaram a 37,8° em Belo Horizonte na tarde deste sábado e foi registrado o dia mais quente da história da capital mineira. Antes de hoje, o dia mais quente de Belo Horizonte era 22 de outubro de 2015, quando os termômetros chegaram a 37,4°C.

Segundo o portal do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia de Minas Gerais), às 17h, quando foi registrado o pico da temperatura, a umidade chegou a 13%, valor mais baixo para o dia. O nível ideal apontado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) é de 60%.

Segundo os dados do Inmet, a temperatura foi registrada em uma estação da Pampulha. Em 2019, a maior temperatura registrada tinha sido em 13 de setembro, com 35,6°C.

As informações foram divulgadas pelo portal Estado de Minas.

A previsão para amanhã (4) é de mínima de 22°C e máxima de 33°C. O dia deve ficar parcialmente nublado e ter ventos moderados. Já a umidade relativa do ar pode chegar a 85% e ter mínima de 20%.

Cotidiano