PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
6 meses

Criança nota assalto em casa durante aula online e professor aciona polícia

Foto do momento que os bandidos invadem a casa e rendem a empregada - Reprodução/Facebook
Foto do momento que os bandidos invadem a casa e rendem a empregada Imagem: Reprodução/Facebook

Naian Lopes

Colaboração para o UOL, em Pereira Barreto (SP)

28/05/2021 14h38Atualizada em 28/05/2021 16h28

Um menino de 11 anos denunciou um assalto em sua casa para o seu professor durante aula online em Andradina (SP). Suspeitos invadiram o imóvel no bairro Piscina por volta das 9h na última terça (25) e conseguiram levar cerca de R$ 500 mil em joias que estavam na bolsa da dona do local. O crime ganhou repercussão nas redes sociais ontem.

Segundo o boletim de ocorrência, a empregada da casa estava varrendo a calçada da rua e os ladrões a renderam neste momento. Os policiais acreditam que os criminosos já estavam vigiando o imóvel para poder realizar o assalto. Com a funcionária rendida, os bandidos entraram na residência.

Eles perguntaram onde estava o cofre, mas a empregada explicou que não existia o objeto na casa. A mãe do menino chegou em casa na hora em que o crime estava acontecendo e também foi rendida.

A criança percebeu o movimento no imóvel e ficou assustado. Chorando, ele avisou ao professor sobre a situação, que prontamente procurou a direção da escola e pediu que providências fossem tomadas. No mesmo instante, os responsáveis da instituição chamaram a polícia.

Após vasculharem todo imóvel, os criminosos encontraram as joias na bolsa da empresária. Os bandidos levaram dois telefones celulares, um relógio e uma folha de cheque em branco. Em seguida, eles trancaram as vítimas em um quarto e tentaram fugir com o carro, mas não obtiveram sucesso e foram embora por outro veículo.

Os policiais chegaram ao local após serem acionados pela escola que o menino estuda, mas não conseguiram prender os suspeitos. As autoridades seguem investigando o caso e buscam identificá-los.

Menino está mais calmo

Em conversa com o UOL, Lilian Covre Gomes, diretora do Colégio Rui Barbosa - Objetivo, explica que a ocorrência foi chocante para todos. "Treinamento pra isso acho que não tem. Foi pego todo mundo de surpresa", relata.

Ela elogia o comportamento do profissional que teve a sensibilidade e calma para responder de maneira correta. "O professor é uma pessoa muito tranquila e querida dos alunos. Ele teve bom senso, teve visão para acalmar e vir nos avisar pra gente agir."

Ao receber o pedido de ajuda do aluno, o professor se levantou e procurou a coordenadora para que as autoridades fossem acionadas. "Ela tem familiares que são policiais e por isso acionou com mais agilidade", contou Lilian.

A diretora confirma que a criança ficou muito assustada, mas agora está bem. "É uma família muito tranquila, respeitada aqui. Ele está conosco há bastante tempo, sendo monitorado e está calmo agora."

Cotidiano