PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

MT: Mulher de vice-governador diz ter sido pressionada a desmentir agressão

Na foto, Viviane e Otaviano Pivetta; ela afirma ter sido pressionada a inocentá-lo de agressão - Reprodução/Instagram
Na foto, Viviane e Otaviano Pivetta; ela afirma ter sido pressionada a inocentá-lo de agressão Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

03/08/2021 23h10Atualizada em 04/08/2021 08h30

A advogada Viviane Kawamoto Pivetta fez uma série de postagens em seu perfil no Instagram acusando a secretária de Comunicação do estado, Laice Souza, de pressioná-la a gravar um vídeo desmentindo ter sido agredida pelo marido, o vice-governador de Mato Grosso, Otaviano Pivetta, que nega o crime.

Em um dos prints compartilhados hoje, Viviane afirma que a gravação inocentando o político, compartilhada na última semana e já apagada de suas redes sociais, é "mentirosa". Ela mostra que enviou uma publicação de sua página a Laice, por WhatsApp, acusando-a de ser "suja".

A denúncia por lesão corporal feita por Viviane contra Otaviano corre em Itapema, no litoral de Santa Catarina, onde a família passava férias. Pivetta acabou indiciado pela Polícia Civil pelo crime de lesão corporal leve, uma vez que a mulher apresentava vermelhidão em pontos do corpo, configurando o quadro de agressão, segundo laudo de corpo de delito.

mulher vice governador  - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Print de conversa com secretária de Comunicação compartilhado por Viviane
Imagem: Reprodução/Instagram

Já Laice Souza negou ter feito qualquer tipo de intermédio para alterar o conteúdo da gravação, afirmando que Viviane havia negado a agressão do vice-governador e que desmentiu a história por conta própria.

"Como jornalista, trabalho com a verdade, sou mulher e jamais aceitaria a violência contra uma de nós. Atuei estritamente com a verdade que a senhora Viviane Cristina Kawamoto repassou, no sentido que o esposo não teria cometido a agressão contra ela. O vídeo foi gravado pela senhora Viviane, do próprio celular, sem texto de apoio e postado nas redes sociais por ela. O fato foi acompanhado por uma testemunha mulher", afirmou a secretária.

viviane vice governador  - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Horas depois de primeira postagem, Viviane voltou a reforçar acusações
Imagem: Reprodução/Instagram

A funcionária do governo estadual afirmou ainda que irá abrir um Boletim de Ocorrência contra Viviane, acusando-a de calúnia e difamação. "O que ela fez contra a minha pessoa é crime e isso será tratado na esfera competente", concluiu.

Procurada pelo UOL para responder ao posicionamento da secretária, a mulher do vice-governador afirmou que irá se pronunciar mas que, no momento, "não tem condições emocionais".

Na tarde de hoje, ela voltou a usar o Instagram para reforçar suas acusações contra Laice, estimulando que "ela tome as medidas que achar necessário, porque as minhas já foram tomadas", além de ameaçar divulgar conversas com outras figuras ligadas ao poder Executivo e Judiciário.

O UOL também tentou contato com o gabinete do vice-governador Otaviano Pivetta por e-mail e telefone, mas ainda não obteve retorno. Assim que houver, a matéria será atualizada.

Cotidiano