PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
8 meses

Professora oferece 1 ponto na média de alunos que se vacinarem contra covid

DF está vacinando adolescentes contra covid; professora ofereceu 1ponto na média para estimular imunização - iStock
DF está vacinando adolescentes contra covid; professora ofereceu 1ponto na média para estimular imunização Imagem: iStock

Andréia Martins

Do UOL, em São Paulo

27/08/2021 14h26

Diante do relato de insegurança de seus alunos sobre a vacina contra covid-19, uma professora do ensino médio decidiu oferecer 1 ponto na média de quem apresentasse o cartão da vacinação completa.

"Quem foi estudante sabe que um ponto na média incentiva", contou ao UOL Kamila Braga Rodrigues, de 24 anos, professora de Sociologia do 2º ano do ensino médio em uma escola pública de Taguatinga (DF). É o seu primeiro ano na instituição.

As aulas presenciais no Distrito Federal voltaram nessa semana, coincidindo com o início da vacinação da faixa etária dos 17 anos, idade dos alunos de Kamila.

"Na quarta-feira (25), perguntei se eles iriam se vacinar. Percebi que eles estavam desanimados, com medo da reação, medo de agulha, Então pensei em alguma forma de estimular, incentivá-los a tomar a vacina. E combinei com eles: se eles apresentassem o cartão de vacinação completa e uma pesquisa sobre a importância da vacinação em uma pandemia eu daria um ponto na média", explicou.

A ideia funcionou. No dia seguinte, vários estudantes haviam tomado a primeira dose. A iniciativa foi apoiada pela escola e pelos pais, para surpresa da professora. Procurada, a Secretaria Estadual de Educação não comentou.

"Eu achei que pudesse ter algumas críticas, mas os pais super apoiaram, a escola apoiou. Todos viram que o saldo da ação foi bem positivo", disse ela.

Agora, Kamila vai escrever um projeto explicando as bases pedagógicas e jurídicas da atividade para compartilhar com outros professores.

"Muita gente assume um papel errado por ler fake news e por isso eu cobrei também a pesquisa, para que os alunos pudessem se conscientizar, conscientizar a família e os amigos. Quando éramos pequenos, a escola tinha papel fundamental na vacinação. O Zé Gotinha ia nas escolas, então não podemos perder esse papel".

Cotidiano