PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
3 meses

Chuvas com ventos fortes derrubam árvores e geram transtornos em São Paulo

Chuvas encheram vias e derrubaram árvores na capital paulista - TV Band/reprodução
Chuvas encheram vias e derrubaram árvores na capital paulista Imagem: TV Band/reprodução

Do UOL, em São Paulo

14/10/2021 19h21Atualizada em 14/10/2021 21h01

Uma forte chuva atinge a região metropolitana de São Paulo, com ventos de até 60 km/h, e causa transtornos no começo da noite de hoje. O trânsito de pessoas e veículos já se encontra comprometido nas regiões Leste, Sul e Oeste da capital paulista pelo volume de água. Há o registro da queda de pelo menos 47 árvores na Grande São Paulo junto ao Corpo de Bombeiros. Por outro lado, as precipitações chegaram ao Sistema Cantareira, o que é uma boa notícia considerando a iminente crise hídrica no estado.

Segundo o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas), no entanto, o estado é ainda de alerta para alagamentos, com apenas dois pontos ativos, nas Avenidas Rio Branco e Magalhães de Castro, em condições transitáveis, até as 18h58. Nas zonas Leste, Sul e Oeste, há condições propícias para raios.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, em apenas 2h30, a região metropolitana de São Paulo registrou um total de 47 ocorrências de queda de árvores (nos 39 municípios). Mais cedo, a corporação divulgou que ao menos duas delas atingiram fiações elétricas em São Paulo e a suspeita é que uma terceira havia atingido um veículo, no bairro de Jaçanã.

"Nós tivemos rajadas de ventos na casa de 60 km/h às 18 horas na região de Santana. Isso justifica e muito as quedas de árvores", afirmou o engenheiro da CGE Hassan Barakat, ao vivo, em participação no Brasil Urgente. Na sequência, o meteorologista Michael Pantera informou que choveu entre 10 e 15 mm no início desta noite em São Paulo e que parte desse volume alimentou o Sistema Cantareira.

De acordo com a Defesa Civil, as próximas horas seguem com chuvas se deslocando pela cidade com forte intensidade e potencial para rajadas e alagamentos.

Tempo segue instável

Um sistema de baixa pressão, associado a uma frente fria no oceano, provoca chuvas, rajadas de vento e queda das temperaturas em São Paulo nos próximos dias, segundo o CGE. Amanhã, no entanto, nas primeiras horas, deve haver sol e temperaturas em elevação de até 28 ºC. A mínima fica em 18 ºC, com umidade relativa chegando a 40%. À tarde e início da noite, o temporal com elevado potencial para alagamentos e raios deve voltar a se apresentar na capital.

Já no sábado (16), o tempo deve ficar fechado e chuvoso o dia inteiro, graças à propagação de uma frente fria pelo oceano que se junta às instabilidades no município. A mínima deve bater os 17 ºC, a máxima, 25 ºC e há novo risco de temporal.

Cotidiano