Conteúdo publicado há 2 meses

Apontado como aliado do miliciano Zinho é morto em confronto, diz PM

Um homem apontado como aliado do miliciano Luiz Antônio da Silva Braga, o Zinho, foi morto hoje em confronto com policiais militares em Cosmos, na zona oeste do Rio de Janeiro. O grupo liderado por Zinho é a maior organização miliciana do estado.

O que aconteceu:

A Polícia Militar informou que agentes da 8ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar foram atacados durante patrulhamento na rua Girassol na tarde desta quinta-feira (30).

Os agentes estavam na região em busca dos criminosos que mataram a cabo Vaneza Lobão, que atuava em setor que investiga as milícias no Rio de Janeiro e foi morta em uma emboscada na porta de casa na última semana. Ontem, o miliciano Deividi William Goés Gonçalves, conhecido como Gordinho, foi preso em Cosmos por suspeita de ser um dos executores de Vaneza.

Os policiais militares foram atacados por uma dupla de suspeitos que estavam em um carro. De acordo com a corporação, houve confronto e os homens colidiram o carro com o meio-fio após a troca de tiros.

Um dos suspeitos, identificado apenas pelo apelido de "Rato", ficou ferido e morreu ainda no local da troca de tiros. O outro homem, que não teve a identidade divulgada, foi preso e encaminhado à 36ª DP (Delegacia de Polícia de Santa Cruz).

"Rato" é apontado pela polícia como uma das lideranças da milícia de Zinho, de acordo com a Polícia Militar. Ele seria braço direito do miliciano Rui Paulo Gonçalves Estevão, mais conhecido no mundo do crime como Profeta ou Pipito, que ocupou o posto deixado por Matheus da Silva Rezende, o Faustão, como número dois da organização. Faustão (que é sobrinho de Zinho) foi morto durante troca de tiros com a Polícia Civil em Santa Cruz, também no Rio, no fim de outubro.

Os policiais militares apreenderam uma pistola, dois carregadores e munições que estariam em posse de "Rato" e do homem preso. A reportagem tenta contato com a Polícia Civil. A matéria será atualizada tão logo haja manifestação.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora