Conteúdo publicado há 1 mês

Guarda civil municipal morre após ser baleada em assalto em São Paulo

Uma GCM (Guarda Civil Municipal) de Praia Grande foi assassinada durante um assalto na zona sul de São Paulo na tarde de ontem.

O que aconteceu

Valcleide de Queiroz dirigia uma motocicleta na avenida Bandeirantes, quando foi abordada. O caso ocorreu por volta das 18h no bairro Vila Olímpia.

Ela foi atingida após disparos de arma de fogo, informou a polícia. A dinâmica do crime será constatada após perícia.

A GCM foi levada ao Hospital Saboya pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.

Os assaltantes, dois homens em uma moto, fugiram com a arma da vítima. Eles não tinham sido presos até a manhã de hoje. O caso foi registrado como latrocínio no 27º DP.

O sindicato dos Trabalhadores Municipais de Praia Grande publicou uma nota de pesar lamentando a morte de Valcleide.

Em nota, a prefeitura de Praia Grande lamentou a morte. "As circunstâncias do crime estão sendo apuradas e a Administração Municipal espera que os responsáveis sejam punidos com o rigor da lei", diz o documento. O sepultamento da oficial está previsto ainda para esta segunda-feira (4), no Cemitério Municipal de Cubatão.

Deixe seu comentário

Só para assinantes