Polícia faz operação para prender ladrão envolvido em arrastão no Morumbi

A Polícia Civil de São Paulo realiza uma operação na região de Paraisópolis, na zona sul de São Paulo, em busca do segundo ladrão envolvido em um arrastão ocorrido na manhã desta terça-feira (2) em uma das principais avenidas de São Paulo.

O que aconteceu

Objetivo da ação é encontrar segundo envolvido em arrastão. A operação foi deflagrada pelo Dope (Departamento de Operações Policiais Estratégicas), por meio do GER (Grupo Especial de Reação) e do Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos). Um helicóptero foi deslocado para auxiliar nos trabalhos dos agentes.

Ladrão foragido teria sido baleado. O homem fugiu e a suspeita é de que ele tenha se escondido dentro da comunidade de Paraisópolis, segundo informou o delegado Tom Blumer ao Brasil Urgente (TV Bandeirantes). O arrastão ocorreu na avenida Giovanni Gronchi, no Morumbi.

Policiais verificaram que o foragido deixou manchas de sangue pelo solo durante a fuga. "A gente está seguindo essas pistas para tentar localizar, identificar e prender esse criminoso", disse o delegado.

Um dos assaltantes, de 19 anos, foi preso em flagrante. Ele estaria na garupa da moto envolvida no crime e foi levado para o Hospital do Campo Limpo em razão dos ferimentos após trocar de tiros com um policial à paisana. O preso teria disparado cerca de quatro vezes contra o agente. De acordo com Blumer, o detido tem passagens pela polícia e a dupla de suspeitos já teria feito ao menos três vítimas.

Entenda o caso

Dois homens em uma moto assaltaram motoristas na avenida Giovanni Gronchi, no Morumbi. Pelo menos quatro pessoas tiveram os celulares roubados.

O garupa foi baleado por um policial à paisana no cruzamento com a rua São Pedro Fourier após apontar a arma e disparar em direção ao agente. Ele foi imobilizado pelo policial até a chegada das viaturas e do resgate.

O homem foi socorrido ao Hospital Municipal do Campo Limpo, onde permaneceu internado sob escolta. Com ele, foram apreendidos uma arma de fogo e objetos que haviam sido subtraídos de vítimas. O nome dele não foi divulgado.

Continua após a publicidade

O outro ladrão fugiu de moto pela contramão. Fuga foi mostrada em imagens da TV Globo.

Uma das vítimas conseguiu recuperar a aliança. A joia estava no bolso do homem baleado. O celular de um idoso foi levado pelo outro bandido.

A perícia foi acionada e foram requisitados exames ao Instituto de Criminalística. O caso foi registrado como roubo a interior de veículo, extorsão de pessoa e lesão corporal decorrente de intervenção policial no 89° DP (Jardim Taboão).

Deixe seu comentário

Só para assinantes