Conteúdo publicado há 26 dias

Presos no Paraguai, chefes do PCC são deportados para o Brasil

Três criminosos apontados como líderes do PCC no Paraguai foram presos ontem à noite e deportados para o Brasil.

O que aconteceu

Trio foi capturado em casa de luxo. Vídeos que registraram o momento da prisão mostram um imóvel de alto padrão onde os criminosos foram presos em Pedro Juan Caballero, na fronteira paraguaia com Ponta Porã (MS).

Presos tinham armas de grosso calibre, veículos e joias. Em uma operação em conjunto entre a PF e a polícia paraguaia, os agentes encontraram três fuzis, duas caminhonetes de luxo, joias e dinheiro.

Os brasileiros Henddryu Bento, Hugo Dylan Hilario e Lucas Felipe Melo, do PCC, foram presos no Paraguai
Os brasileiros Henddryu Bento, Hugo Dylan Hilario e Lucas Felipe Melo, do PCC, foram presos no Paraguai Imagem: Redes sociais

Um dos presos é apontado como responsável por coordenar ações de pistoleiros na fronteira, diz polícia. Hugo Dylan Hilario, o HG, 30, tem mandados de prisão no Brasil por associação ao tráfico, tráfico de drogas e porte ilegal de armas, segundo as autoridades. Henddryu Henrique Bento e Lucas Felipe Soares, que seriam subordinados a HD, também foram presos na ação.

Trio é suspeito de participação em homicídios no Paraná e em Santa Catarina. Segundo as autoridades, as mortes teriam relação com disputa entre facções criminosas. O UOL não conseguiu localizar a defesa dos suspeitos.

Deixe seu comentário

Só para assinantes