Conteúdo publicado há 30 dias

Em nenhum momento ela quis dar golpe, diz filho de presa com morto em banco

Um dos filhos de Erika de Souza Vieira Nunes, 42, presa desde terça-feira (16) após ser flagrada com um idoso morto em uma cadeira de rodas enquanto tentava sacar um empréstimo no Rio de Janeiro, afirmou no UOL News da manhã desta quarta-feira (24) que ela não tentou aplicar golpe e que a mãe lida com problemas psiquiátricos.

Em nenhum momento ela tentou aplicar golpe. Tenho certeza na inocência dela, não só acredito, como tenho certeza.
Lucas Nunes dos Santos, filho de Erika

É fato que ela tem laudos, em dois momentos, em 2022 e 2023, em que médicos psiquiátricos solicitaram a internação dela por uso abusivo de medicamentos, alucinações e tendência suicida. Isso é um fato, não só comprovado por nós que convivemos com ela.

Naquele momento [dentro do banco], pode-se perceber que uma pessoa em seu estado normal não ficaria falando com um defunto. As imagens dentro do banco mostram que ela ficou seis minutos no banheiro e deixou meu tio na companhia de uma funcionária do banco. Acho que alguém, em sã consciência, que leva um defunto para aplicar esse golpe, teria a cautela de não deixá-lo na presença de um funcionário, já que poderia reconhecer e frustrar o plano dela [...] São pontos que devem ser levados em consideração.

O que se sabe sobre o caso

Erika foi presa por tentativa de furto mediante fraude e vilipêndio a cadáver. A Justiça converteu prisão em flagrante em preventiva em audiência de custódia na última quinta-feira (18). "Em momento algum, a custodiada se preocupa com o estado de saúde de quem afirmava ser cuidadora", disse a juíza Rachel Assad da Cunha.

Defesa pede revogação da prisão. "Ela [Erika] atende os requisitos legais para responder o processo em liberdade. Não há chance de possível cometimento de crime caso ela seja solta", disse a defensora.

Investigação vai verificar se idoso morreu por ter sido submetido a esforço físico quando deveria estar repousando, segundo a Justiça. "Conforme informações, o idoso havia recebido alta de internação por pneumonia na véspera, com descrição de 'estado caquético' no laudo de necropsia".

O UOL News vai ao ar de segunda a sexta-feira em duas edições: às 10h com apresentação de Fabíola Cidral e às 17h com Diego Sarza. O programa é sempre ao vivo.

Continua após a publicidade

Deixe seu comentário

Só para assinantes