PUBLICIDADE
Topo

Ibope em Belo Horizonte: candidato à reeleição, Kalil lidera com 62%

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD) - Amira Hissa/Prefeitura de Belo Horizonte
O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD) Imagem: Amira Hissa/Prefeitura de Belo Horizonte

Do UOL, em São Paulo

09/11/2020 19h35

Candidato à reeleição, Alexandre Kalil (PSD) lidera a disputa eleitoral pela Prefeitura de Belo Horizonte com 62% das intenções de voto, segundo levantamento Ibope divulgado hoje.

João Vitor Xavier (Cidadania) aparece com 7%, Áurea Carolina (PSOL), com 5%, e Bruno Engler (PRTB) soma 4% das intenções de voto. A margem de erro da pesquisa é de três pontos percentuais, para mais ou para menos.

Nilmário Miranda (PT), Rodrigo Paiva (Novo) e Luisa Barreto têm 2% cada um. Aparecem com 1% das intenções de voto: Cabo Xavier (PMB), Marília Domingues (PCO) e Professor Wendel Mesquita (Solidariedade).

Pontuaram com menos de 1% os candidatos Lafayette Andrada (Republicanos), Wanderson Rocha (PSTU), Marcelo Souza e Silva (Patriota) e Wadson Ribeiro (PCdoB). Fabiano Cazeca (PROS) não foi citado pelos entrevistados.

Brancos e nulos somam 9%. Já 4% preferiram não responder ou disseram não saber em quem votariam.

Evolução

Em relação à última pesquisa Ibope, divulgada em 29 de outubro, não houve grandes mudanças. Os candidatos Kalil e João Vitor Xavier oscilaram negativamente em um ponto percentual.

Os entrevistados que disseram votar em branco ou nulo permaneceram em 9%. Já os que declararam não saber em quem votar ou não responderam oscilaram dois pontos percentuais para baixo.

Veja o índice de cada candidato:

  • Kalil (PSD) foi de 63% para 62%
  • João Vitor Xavier (Cidadania) foi de 8% para 7%
  • Áurea Carolina (PSOL) se manteve em 5%
  • Bruno Engler (PRTB) foi de 3% para 4%
  • Nilmário Miranda (PT) se manteve com 2%
  • Rodrigo Paiva (Novo) foi de 1% para 2%
  • Cabo Xavier (PMB) se manteve com 1%
  • Luisa Barreto (PSDB) foi 1% para 2%
  • Lafayette Andrada (Republicanos) se manteve em 0%
  • Marília Domingues (PCO) foi de 0% para 1%
  • Professor Wendel Mesquita (Solidariedade) foi de 0% para 1%
  • Fabiano Cazeca (PROS) de 0% foi para não mencionado
  • Wanderson Rocha (PSTU) se manteve com 0%
  • Marcelo Souza e Silva (Patriota) se manteve com 0%
  • Wadson Ribeiro (PCdoB) se manteve com 0%
  • Nenhum/branco/nulo se mantiveram com 9%
  • Não sabe/Não respondeu foi de 6% para 4%.

Rejeição

Nilmário Miranda é atualmente o candidato mais rejeitado pelos eleitores: 25% dizem que não votariam nele de jeito nenhum.

Veja o índice de rejeição de cada candidato:

  • Nilmário Miranda (PT): 25%
  • João Vitor Xavier (Cidadania): 20%
  • Kalil (PSD): 16%
  • Cabo Xavier (PMB): 14%
  • Lafayette Andrada (Republicanos): 13%
  • Áurea Carolina (PSOL): 10%
  • Luisa Barreto (PSDB): 9%
  • Bruno Engler (PRTB): 9%
  • Rodrigo Paiva (Novo): 8%
  • Marília Domingues (PCO): 7%
  • Professor Wendel Mesquita (Solidariedade): 7%
  • Fabiano Cazeca (PROS): 6%
  • Marcelo Souza e Silva (Patriota): 6%
  • Wanderson Rocha (PSTU): 6%
  • Wadson Ribeiro (PCdoB): 5%
  • Poderia votar em todos: 7%
  • Não sabe/não respondeu: 22%

Os entrevistados podiam apontar mais de uma resposta, por isso a soma ultrapassa 100%.

O Ibope ouviu 1001 eleitores entre 7 e 9 de novembro. O nível de confiança utilizado é de 95%, ou seja, há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual cenário eleitoral caso as eleições acontecessem hoje.

A pesquisa foi registrada no TSE sob o número MG-04440/2020 e encomendada pela TV Globo.